PAULO CÂMARA DEBATE EM FÓRUM DE GOVERNADORES, DESGASTES ENTRE OS PODERES

Foto: Hélia Scheppa/SEI

Governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), participa na manhã desta segunda-feira (23), do Fórum Nacional de Governadores, que dentre as pautas previstas constam os desgastes entre os poderes ocasionados pelos frequentes ataques do Governo Federal a instituições, a exemplo do Supremo Tribunal Federal – STF.

Os participantes do encontro devem reforçar a defesa dessas instituições e o papel que desenvolvem na manutenção da Democracia. 


Além da participação no evento, Câmara também foi um dos governadores a assinar nota em defesa do STF na última semana. Gestores de 13 estados e do Distrito Federal assinaram o documento que direcionou apoio aos ministros do Supremo, grupo que têm sofrido constantes ataques pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido).

Em publicação nas redes sociais, Paulo Câmara destacou a importância do apoio em pró da “preservação” dos Poderes. “A democracia exige um Judiciário livre e independente, guardião da Constituição e das leis”, escreveu. “No nosso Estado continuaremos atentos à preservação da dignidade desse Poder”, completou. 


O Fórum Nacional de Governadores acontece dias após Bolsonaro ter entrado com pedido de impeachment contra o ministro do STF Alexandre de Moraes. O presidente também afirmou que adotaria a mesma postura contra o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, crítico ferrenho de uma das principais bandeiras levantadas por Bolsonaro: o voto impresso.

Também estão no radar do evento, as discussões sobre enfrentamento à pandemia, Reforma Tributária, Pacto Federativo e meio ambiente.

Além de Paulo Câmara, também estarão presentes nomes como: o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha; governador do Piauí, Wellington Dias; governador de Rondônia, Cel. Marcos Rocha; governador do Acre, Gladson Cameli; governador de Alagoas, Renan Filho; governador do Amapá, Waldez Góes; governador do Amazonas, Wilson Lima; governador da Bahia, Rui Costa, entre outros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *