PCR PROMOVE CURSO DE PILOTAGEM DEFENSIVA PARA MOTOCICLISTAS ENTREGADORES

Prefeitura do Recife, por meio da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano – CTTU e do Samu Recife, em parceria com o iFood, inicia nesta terça-feira (18), um curso de primeiros socorros e de pilotagem defensiva para motociclistas. Iniciativa visa evitar acidentes e promover mais segurança para a categoria. A formação vai acontecer de forma híbrida no auditório do Samu Recife, no Bairro da Boa Vista.


Medida faz parte do Programa Piloto Seguro, que traz uma série de intervenções para garantir a conscientização e a segurança viária dos condutores de moto, isso porque, de acordo com os dados do Comitê Municipal de Acidentes de Trânsito – Compat, esses são os principais usuários contributivos para sinistros de trânsito, com vítimas fatais (15,5% em 2019).

O evento conta, ainda, com a parceria da empresa de entrega de refeições iFood, com o Programa Anjos de Capacete, que trabalha com a segurança viária dos entregadores e tem atuação inédita no Recife. A capacitação acontecerá por meio de uma plataforma de gamificação disponibilizada pelo iFood, a Niduu, e também em formato presencial, com orientações de técnicos do Samu Recife e de agentes de trânsito.


Para a presidente da CTTU, Taciana Ferreira, a parceria é importante porque envolve várias instituições no objetivo de salvar vidas. “O Programa Piloto Seguro tem mostrado potencial para agregar várias instituições e estamos aqui, hoje, com o Samu e iFood. Cada um fazendo a sua contribuição para evitar mortes no trânsito. Estamos aqui dando orientações a esses motociclistas sobre pilotagem defensiva, e a mensagem principal é de reduzir a velocidade e afivelar o capacete da maneira correta para que todo mundo volte para casa em paz no fim do dia”, ressaltou a gestora.

O coordenador do Samu Recife, Leonardo Gomes, disse que, com a sua experiência no atendimento de urgência, há necessidade de utilizar os equipamentos de proteção individual e respeitar as leis de trânsito. “A principal causa dos acidentes envolvendo motociclistas é o desrespeito às leis de trânsito, tanto por parte dos motociclistas, quanto por parte dos outros componentes do trânsito”.

Todos nós devemos respeitar as leis de trânsito para evitar mortes e todos os motociclistas devem utilizar os equipamentos de proteção individual porque, caso haja um acidente, se estiver em velocidade adequada e bem protegido, a chance de se machucar ou ter lesões graves é muito menor”, explicou.

O diretor de Políticas Públicas do iFood, João Sabino, destacou a importância de formar esses entregadores com instruções sobre primeiros socorros, tanto para que possam se proteger, como, ainda, para auxiliar outras pessoas nas ruas. “A possibilidade de formar esses entregadores parceiros ajuda a distribuir olhares atentos para a segurança no trânsito de forma geral. São parceiros essenciais, que já circulam pelas ruas da cidade”. 

” Nos diferentes tipos possíveis de acidentes, seja com motorista, motociclista, ciclista ou com pedestres, o trânsito de Recife vai contar com um apoio adicional desses entregadores. Afinal de contas, esses profissionais estão cientes das medidas que devem ser tomadas, o que pode muitas vezes ser decisivo, por exemplo, para salvar uma vida”, destacou.

PROGRAMA PILOTO SEGURO

Lançado durante o Maio Amarelo deste ano, o Programa Piloto Seguro tem o objetivo de reduzir os sinistros de trânsito com motociclistas, que são os principais usuários contributivos para esses eventos, de acordo com o relatório do Comitê Municipal de Acidentes de Trânsito de 2019. De forma inovadora, o programa une várias áreas da gestão de trânsito – educação, engenharia e fiscalização – para proporcionar mais segurança viária aos motociclistas com conscientização, estrutura viária, blitze educativas e encontros com motociclistas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *