7 DE SETEMBRO NO RECIFE: CERIMÔNIA DISCRETA DEU LUGAR AO DESFILE CÍVICO-MILITAR

Em decorrência da  pandemia do novo coronavírus, o tradicional desfile cívico-militar do 7 de Setembro deu lugar a uma cerimônia discreta de hasteamento da bandeira nacional, realizada na fachada do Palácio Campo das Princesas, em Santo Antônio, no Centro do Recife. A comemoração do 198º aniversário da Independência do Brasil foi comandada pelo governador Paulo Câmara, contando ainda com a presença do desembargador Fernando Cerqueira, presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco – TJPE  e do general de Exército Freire Gomes, comandante militar do Nordeste. Uma banda marcial fez uma breve apresentação.
“É sempre importante termos a oportunidade de homenagear nossa independência. Pernambuco tem tradições libertárias, um povo aguerrido, que sempre busca justiça, um mundo melhor”, afirmou o governador Paulo Câmara. “O símbolo da independência tem valores importantes, que precisam ser preservados e, cada vez mais, estar presentes no dia a dia da nossa população. O 7 de Setembro é marcado pela independência e pela busca de liberdade, justiça e do combate à desigualdade pelo nosso povo.”
  Também estiveram na solenidade os secretários Antônio de Pádua (Defesa Social) e Alberes Lopes (Trabalho, Emprego e Qualificação); o chefe da Casa Militar, Carlos José; o brigadeiro-do-ar César, comandante do Comando Aéreo Nordeste; os comandantes gerais da Polícia Militar de Pernambuco, coronel Vanildo Maranhão, e do Corpo de Bombeiros, Rogério Coutinho; o chefe da Polícia Civil, Nehemias Falcão; e a gerente-geral da Polícia Científica, Sandra Santos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *