ALBERTO FEITOSA PEDE AO STJD QUE REVEJA DECISÃO QUE PUNE O SPORT POR ATAQUE AO ÔNIBUS DO FORTALEZA

 Deputado estadual Alberro Feitosa (PL) fez um apelo ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), para que reveja a decisão de punir o Sport Club do Recife, pelo ataque realizado por supostos torcedores do time, ao ônibus da delegação do Fortaleza Esporte Clube, na última semana.

Manifestação do Parlamentar ocorreu durante sessão plenária da Assembleia Legislativa de Pernambuco – Alepe, nesta terça-feira (27). De acordo com o Deputado, a medida determina que os futuros jogos do “Leão” sejam realizados com os portões fechados e que a torcida do clube perca o direito de comprar ingressos quando atuar como visitante.

Feitosa considerou a decisão desproporcional. Ele ressaltou que o incidente aconteceu na BR-232, a sete quilômetros do estádio e acrescentou que o clube contratou 340 seguranças privados para garantir a tranquilidade no entorno e dentro do campo.

“Isso é um absurdo! Quem não deu a devida segurança foi a Polícia Rodoviária Federal, a Polícia Federal e a própria polícia pernambucana, embora esta última tenha feito um belo trabalho no estádio e nas cercanias”, complementou Alberto Feitosa.

Nos apartes, parlamentares concordaram que a questão é de segurança pública. Para Fabrizio Ferraz (Solidariedade), a ação foi premeditada por um grupo criminoso. “Não foi a torcida organizada que se reuniu para praticar desordem”, ponderou.

Rodrigo Farias lembrou que outros casos de violência envolvendo times de outras partes do Brasil não foram punidos da mesma forma. “Não se pode culpar o clube por ações de bandidos que se dizem torcedores para manchar uma instituição centenária como o Sport”, reforçou. José Patriota (PSB), enfatizou que o episódio afasta torcedores dos estádios e tem efeitos danosos para a imagem de Pernambuco.

Foto – Divulgação/Alepe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *