ASSESSORIA DE CANDIDATO A PREFEITO DE PAULISTA NEGA INELEGIBILIDADE

Assessoria jurídica de Yves Ribeiro, candidato à Prefeitura de Paulista pelo MDB, emitiu nota, na manhã desta terça-feira (29), alegando que ele não está inelegível. Segundo a sua equipe, a decisão do TCU que reconheceu que as falhas técnicas verificadas nas alterações do plano de trabalho da obra de pavimentação e drenagem da Avenida Costa Azul, localizada no Bairro do Janga,  não foram praticadas diretamente por ele, mas sim pelo secretário de Obras e pelos engenheiros da prefeitura de Paulista à época de sua gestão.

 O TCU apenas apontou que Yves teria falhado na supervisão de seus subordinados, não cometendo qualquer irregularidade grave que possa acarretar sua inelegibilidade. De acordo com ele, o TCU cometeu equívoco ao não considerar as alterações realizadas pelo setor de engenharia da Prefeitura no plano de trabalho da obra de pavimentação e drenagem da avenida Costa Azul, localizada bairro do Janga, as quais foram essenciais para o bom funcionamento da obra.

  “O que precisa ser esclarecido é que a obra tem funcionalidade e não causou prejuízos ao erário, no que pese as alterações realizadas e devidamente comunicadas ao Ministério da Integração Nacional” .A nota diz ainda :  “espera-se que o TCU corrija essa injustiça histórica com Yves Ribeiro”, justificou o advogado Paulo Pinto. Segundo ele, a referida obra sanou os problemas de alagamento que traziam transtornos aos moradores daquela localidade no período chuvoso. Por fim, o advogado informou que irá apresentar a defesa de Yves no processo de impugnação de sua candidatura, ocasião em que demonstrará que não existe qualquer inelegibilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *