AUXÍLIO EMERGENCIAL: MPPE DIZ QUE MAIS DE 14 MIL SERVIDORES DO ESTADO RECEBERAM INDEVIDAMENTE

Ministério Público de Pernambuco – MPPE aponta que 14.170 servidores estaduais e municipais, ativos e inativos, receberam de forma indevida o auxílio emergencial. Estimativa é que o pagamento indevido do auxílio teria chegado a um montante de quase R$ 10 milhões.  

Segundo a investigação – conduzida pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado -Gaeco e pelo Núcleo de Inteligência do MPPE – Nimppe – servidores com vínculos municipal ou estadual que integravam a folha de pagamento do poder público, em abril deste ano, teriam sido contemplados irregularmente, com o auxílio emergencial.  A lista com os nomes dos servidores não foi divulgada.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *