BANCADA RELIGIOSA DA ALEPE QUER URGÊNCIA EM PL QUE TORNA IGREJAS ATIVIDADE ESSENCIAL

Os deputados pastor Cleiton Collins (PP), Joel da Harpa (PP) e delegado Lessa (PP) entraram com pedido de urgência para o Projeto de lei que estabelece as atividades religiosas como serviço essencial, durante a pandemia em Pernambuco. Já foram alcançadas 27 assinaturas. Com isso, o PL entra em tramitação em regime de urgência, sem precisar por pedido de vista ou outras manobras do parlamento estadual.

O Projeto de autoria do Pastor Cleiton Collins está sendo trabalhado nas Comissões de Saúde, Direitos Humanos e de Administração. Com o resultado destas três comissões o PL vai à Plenário para votação. Depois deste trâmite, caso seja aprovado, irá para o Governo de Pernambuco sancionar ou vetar. Deputados das bancadas evangélica e cristã acreditam que o Governo irá sancionar, caso seja aprovado. Afirmam que, ” a Igreja já vem fazendo o seu papel de essencialidade em momentos de pandemia como: interseção, cultos online ou presencial, tudo de acordo com o decreto”.

“Os vícios de inconstitucionalidade do PL foram retirados e não há motivos de o projeto ser rejeitado. Contamos com o apoio de todos”, declarou o deputado Joel. O Pastor Cleiton Collins disse ter sempre “esperança e que a Assembleia Legislativa dará o devido reconhecimento as entidades religiosas, principalmente as igrejas, que trabalham muito a tempo e à fora de tempo”, ressaltou o Parlamentar .

“Esse é um momento muito importante que Pernambuco atravessa, que o mundo atravessa e a Igreja, ou seja, as entidades religiosas são extremamente importante neste momento”, disse o deputado Lessa. Para conseguir que tramitasse em regime de urgência seria necessário ter no mínimo 25 assinaturas. Os deputados conseguiram 27 aval positivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *