CHEGA AO BRASIL NOVA REMESSA DE INSUMOS DA VACINA CHINESA CORONAVAC

O Instituto Butantan recebeu na manhã desta quarta-feira (10), mais 5,6 mil litros de insumos para a produção de 8,7 milhões de doses da CoronaVac, vacina contra a Covid-19, desenvolvida em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

A carga chegou ao Aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, às 7h26. O voo vindo de Pequim, na China, fez escala no Aeroporto de Lisboa, em Portugal. Cerca de 20 minutos após o avião pousar, a carga começou a ser descarregada.

Após a liberação pela alfândega, as doses serão envasadas, embaladas e rotuladas para distribuição na sede do Instituto Butantan a partir do dia 23 de fevereiro. Com a chegada do novo lote de insumos, o instituto totaliza 27 milhões de doses da vacina.

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, disse que espera ter 100 milhões de doses prontas até o começo de setembro. “Agora não paramos mais até completar as 46 milhões de doses, o que deve acontecer até abril. E, mais para frente, vamos receber os lotes para completar os 54 milhões. Ou seja, esperamos que até o fim de agosto, começo de setembro, os 100 milhões dessas vacinas já tenham sido entregues ao Brasil”.

” Isso vai possibilitar a vacinação de 50 milhões de pessoas, não só os idosos acima de 60 anos, mas também as outras categorias poderão ser incluídas”. “É um momento muito especial que é a retomada do recebimento dos insumos, isso vai garantir que a gente possa vacinar mais os brasileiros de outras faixas etárias”, disse o secretário estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn.

Esse é o segundo lote de insumos que o Butantan recebe este ano. O primeiro lote chegou em 3 de fevereiro pelo Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas. o produto vai ser entregue até o dia 23 deste mês ao Ministério da Saúde. Previsão do Butantan é receber, até abril, o  total de insumos, para produção de 46 milhões de doses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *