CIRURGIA INÉDITA DE TRANSPLANTE DE PULMÃO É REALIZADA EM PACIENTE COM COVID-19

Foto: Universidade de Kyoto/Divulgação

Pela primeira vez na história, uma mulher com Covid-19 recebeu um transplante de tecidos pulmonares retirados de doadores vivos. A paciente sofria com a forma grave da infecção causada pelo novo coronavírus e foi beneficiada pela doação de dois familiares – o marido e o filho. A cirurgia, que durou 11 horas e contou com 30 profissionais, ocorreu no Hospital Universitário de Kyoto, no Japão.

Equipes do Centro cirúrgico japonês só só optou pelo procedimento, após todos os recursos de tratamento disponíveis terem sido esgotados. A paciente é moradora da Região de Kansai, onde está localizado o hospital universitário. Ela foi infectada pelo Sars-CoV-2, no fim do ano passado e seu estado de saúde piorou rapidamente depois de ter desenvolvido uma pneumonia. Segundo os responsáveis pela cirurgia, os dois pulmões apresentavam falhas.

A paciente foi submetida a um tratamento de três meses com oxigenação por membrana extracorpórea (Ecmo), uma técnica em que vários aparelhos são usados para auxiliar na respiração. Porém, não houve registro de melhoras. “Embora ela tenha dado resultado negativo para Covid-19, em um teste de PCR, não havia esperança de recuperação do distúrbio pulmonar e, a única maneira de salvar a vida dela era transplantar o pulmão”, informou o Hospital Universitário, em um comunicado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *