COLUNA 01/06/20 SEGUNDA-FEIRA

GOVERNADOR ASSINA DECRETO SUSPENDENDO  RODÍZIO DE VEÍCULOS E MANTÉM PROIBIÇÕES ANTERIORES

Sem acrescentar  considerável novidade, ao que já havia determinado antes de validar a “quarentena rígida”,  o governador Paulo Câmara empurrou para hoje prováveis mudanças, ao assinar, neste domingo (31), o decreto nº 49.055/20, que sistematiza as regras de enfrentamento ao novo coronavírus após o término do período de quarentena rígida nas cidades do Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata. A partir desta segunda-feira (01), em todo o território pernambucano, fica suspenso o rodízio de veículos de acordo com as placas (pares e ímpares), mas permanece obrigatório o uso de máscaras para quem precisar sair de casa.  Continua  valendo a proibição  de acesso às faixas de praia, calçadões e parques públicos, bem como o funcionamento de shoppings, lojas e prestadores de serviço que não se enquadrem como atividades essenciais. As aulas presenciais nas redes, pública e privada continuam suspensas até 30 de junho. Permanece  vetado a realização de eventos de qualquer natureza com público, assim como a concentração de mais de dez pessoas no mesmo ambiente. O novo decreto estabelece que “a retomada do funcionamento das atividades econômicas, suspensas durante o enfrentamento à pandemia, será realizada de forma setorial e gradual, considerando-se os riscos à saúde e a relevância socioeconômica de cada atividade e será apresentada nesta segunda-feira (01).
O novo decreto consolida as determinações anteriores e revoga parte delas. Nada muda com relação ao funcionamento de supermercados (inclusive os localizados em shoppings, desde que com acesso independente), padarias, farmácias, bancos (inclusive as agências da Caixa Econômica Federal,  localizadas em shoppings, para atendimento exclusivo de beneficiários do auxílio emergencial) e casas lotéricas.
Os shoppings continuam com lojas fechadas, exceto para entregas em domicílio. Permanece suspenso o atendimento ao público em restaurantes, lanchonetes, bares e similares, sendo permitido apenas o funcionamento para entrega em domicílio e como pontos de coleta.   A regra exclui os restaurantes para caminhoneiros, desde que não haja aglomeração. Também permanece suspenso o funcionamento de salões de beleza, barbearias, cabeleireiros e similares, academias de ginástica, clubes sociais, cinemas, teatros e a realização de jogos e partidas de futebol.

ITAPISSUMA – Prefeito de Itapissuma José Bezerra Tenório Filho (PSD), popularmente conhecido por Zé de Irmã Teca, reassume a Prefeitura de Itapissuma nesta segunda-feira ( 01).  Ele estava afastado desde dezembro de 2019, quando foi alvo da Operação Dragão do Mar, deflagrada pela Polícia Civil de Pernambuco pelo desvio de R$ 10 milhões do poder público municipal. A decisão foi tomada pelo desembargador Alexandre Guedes Alcoforado, do Tribunal de Justiça de Pernambuco,  que autorizou  também sua volta imediata ao cargo, através de um “habeas corpus”. A defesa do prefeito defendeu que o mesmo teve “seu direito de defesa cerceado, em face do flagrante de ilegalidade do sigilo das provas produzidas no inquérito”.  Zé de Irmã Teca, que cumpre o seu primeiro mandato; a sua vice, Irmã Elionilda (PP), o presidente e o vice-presidente da Câmara dos Vereadores de Itapissuma, foram afastados  para possibilitar a investigação  de irregularidade no Programa Social “Frente de Serviço”, desenvolvido pela Prefeitura de Itapissuma há cerca de 30 anos.

PRAIAS VAZIAS – Neste domingo (31), último dia do lockdown, da Região Metropolitana do Recife – RMR, nem de longe lembrava os domingos ensolarados, antes da devido a  pandemia, do novo coronavírus. O vazio dava o tom real do isolamento da população em decorrência das medidas restritivas determinadas pelo Governo de Pernambuco, na tentativa de conter o avanço da covid-19, no estado.  Única circulação na praia de Boa Viagem, Zona Sul do Recife, era de policiais militares para fiscalizar as medidas de fechamento do local. Na praia de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, policiais militares e bombeiros também estavam presentes fazendo vigilância em toda extensão da orla.Na beira-mar, ninguém e tomando banho no mar,  nem andando na faixa de areia    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *