COLUNA QUARTA-FEIRA 20/05/20

MENDONÇA  QUER  QUE  MPPE INVESTIGUE  PCR COMPRA DE RESPIRADORES  EM PET SHOP  PAULISTA

O ex-ministro Mendonça Filho vai pedir ao Ministério Público Estadual e ao Ministério Público de Contas, do TCE, que fiscalize todo o processo de aquisição de respiradores pulmonar e equipamentos de UTI para o enfrentamento ao Covid-19,  no Recife.

  O pedido tem como base dois processos de dispensa de licitação feitos pela Prefeitura no valor  em torno de R$ 11 milhões, para compra de até 500 respiradores pulmonar a Brasmed Veterinária, de São Paulo,  que tem como principal atividade,  o comércio  varejista de animais vivos e de artigos para animais de estimação.   “Comprar ventilador pulmonar para humanos numa empresa que vende produtos veterinários causa estranheza.  Assim como, o fato de o maior volume de compras do produto, pelos dados disponibilizados pela Controladoria da Prefeitura, ser de uma empresa de capital social muito pequeno de apenas R$ 50 mil e que foi criada há sete meses”, questionou Mendonça.  Vi no Portal da Transparência que Prefeitura do Recife fez contratos de dispensa de licitação com pelo menos quatro empresas para aquisição de ventilador pulmonar, embora não disponibilize com facilidade todos os dados.  Mendonça tem cobrado da Prefeitura do Recife e do Governo do Estado transparência na gestão da crise da pandemia. “O prefeito continua a fazer propaganda, mesmo com a situação dramática que estamos vivendo com UTIs superlotadas e mais de 200 pacientes na fila para atendimento” 

LAVATÓRIOS EM CAMARAGIBE – A Câmara de Vereadores de Camaragibe criticou os lavatórios instalados pela Prefeitura da cidade que, inclusive estavam sendo chamados pela população de “gambiarras” e mandou instalar lavatórios mais padronizados e mais baratos, para a higienização  das  mãos.  Iniciativa visa conter o avanço,  da pandemia  do novo coronavírus.  Além de possuir  estética totalmente diferente das “gambiarras”  implantadas pelo executivo, os lavatórios instalados nesta segunda- feira(18),  em frente à sede do Poder Legislativo, disponibiliza de água, sabão líquido e álcool em gel. ”O custo dos dois Totens chegou perto de R$ quatro mil , que ficará a disposição  da população”, disse o presidente da Câmara, Paulo André.  

PROTOCOLO SUS – O presidente Jair Bolsonaro afirmou que o Ministério da Saúde vai publicar, nesta quarta-feira (20), um novo protocolo para o uso da hidroxicloroquina e da cloroquina em pacientes diagnosticados com o novo coronavírus. 

COVID-19 EM PAULISTA – Boletim da Secretaria de Saúde de Paulista, cidade da Região Metropolitana, atualizado nesta segunda-feira (18), mostra que o município tem 1.229 casos confirmados de Covid-19. O número óbitos é de 79, segundo os dados, apresentados pelo município. A Secretaria informou ainda que todos os bairros da cidade. exceto Zona Rural, apresentam casos da Covid-19.

USO OBRIGATÓRIO DE MÁSCARA – Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira(19), projeto que obriga o uso de máscaras de proteção individual em todo o país durante a pandemia . A regra deverá ser observada em espaços públicos, transporte coletivo e locais privados acessíveis. Para virar lei, o projeto ainda precisa ser aprovado pelo Senado e sancionado pelo presidente da República. Desde que o surto do coronavírus chegou ao país, alguns municípios e estados já legislaram sobre o assunto. No texto atual da proposição, foi incorporado trecho que obriga estados e municípios a editarem normas para as multas. Assim, cada local vai estipular a punição. Na norma geral, o valor vai respeitar a realidade local. Num país com a dimensão do Brasil, não podemos estabelecer o mesmo valor de uma multa de São Paulo ao Acre. Ficaria desproporcional e prejudicaria os cidadãos, diz a redação. Na votação de destaque do texto, no entanto, caberá as câmaras de vereadores e assembleias definir quais parâmetros se aplicam a sua realidade – diz o autor da emenda Efraim Filho (DEM-PB).
A proposta determina ainda, que o montante arrecadado com as multas deve ser usado no combate à pandemia.

MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA – Ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, anunciou nesta terça-feira (19) que o governo vai iniciar um segundo protocolo de testes com um antiparasitário que, segundo o titular da pasta, é promissor para o tratamento do novo coronavírus.
A existência de testes realizados com nitazoxanida (vendida no Brasil sob a marca Annita) foi revelada por Pontes em meados de abril. O primeiro protocolo de ensaios clínicos tem 500 pacientes e o segundo terá o mesmo número de participantes, segundo Pontes. O Ministro não deu uma previsão detalhada sobre quando os estudos devem ser finalizados. Em coletiva no Palácio do Planalto, Pontes pediu que a população participasse dos testes, que estão sendo realizados em 17 hospitais em São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Recife, Manaus e Curitiba. A probabilidade maior é que ele funcione, dado o histórico da pesquisa anterior”. De acordo com Pontes, os ensaios in vitro com nitazoxanida indicaram uma redução de 94% da carga viral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *