COLUNA TERÇA-FEIRA 26/05/20

Osvaldo Neto, utilizou suas redes sociais para destacar a relação valores investidos contra leitos disponibilizados, no combate a Covid-19 pela Prefeitura do Recife. ¨Mais de R$ 670 milhões já gastos para 400 leitos de UTI entregues. Em torno de 1 leito para cada R$ 1.675.000,00 aportado. Menos da metade funciona¨, diz o pré-candidato a vereador no Recife.

AUXÍLIO EMERGENCIAL – Em videoconferência da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) com a bancada pernambucana da Câmara Federal e do Senado, na tarde desta segunda-feira (25), o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), líder do governo na Casa, falou que até esta terça-feira(26), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) deve sancionar sobre o auxílio emergencial a Estados e Municípios.

PETROLINA – O ato de abertura do primeiro Hospital de Campanha do Sertão, localizado em Petrolina, teve uma cerimônia de benção dos profissionais que atuarão no hospital conduzida pelo bispo Dom Francisco Palhano. Presente na solenidade simbólica, o prefeito Miguel Coelho agradeceu à Diocese pela cessão do espaço e a todos os trabalhadores envolvidos na luta contra o coronavírus.

CORTE DE LUZ – Senado aprovou, nesta segunda-feira (25), um projeto de lei – (PL que proíbe o corte de luz por falta de pagamento em vésperas do fim de semana. De autoria do senador Weverton Rocha (PDT-MA), o projeto foi aprovado no Senado em dezembro passado. Em seguida, foi aprovado na Câmara dos Deputados, onde sofreu alterações, voltou ao Senado e agora foi aprovado em definitivo. O  Documento segue  agora,  para a sanção presidencial. O projeto também obriga a companhia fornecedora de energia a notificar o cidadão antes de realizar o corte por falta de pagamento. “Se a empresa de energia cortar a luz sem notificação, ela terá que pagar até o dobro do valor daquela conta”, disse Kátia Abreu (PP-TO), relatora do projeto. 

SUSPENSÃO DE ATENDIMENTO –  Defensoria Pública da União (DPU) no Recife suspendeu o atendimento presencial até 14 de junho,  por causa da pandemia do novo coronavírus. O atendimento ao público continuará a ser realizado à distância para os casos considerados urgentes em que há risco à vida, à liberdade ou em que possa ocorrer perecimento de direito. Durante o horário do expediente, 8h às 17h, o atendimento acontecerá de forma remota pelos telefones do plantão diurno: (81) 99243-4165 / (81) 3194-1200 / (81) 99515-6936 (apenas para as mensagens no Whatsapp). Após esse horário e nos finais de semana, o celular do plantão de atendimento é (81) 99914-1026. Existe a possibilidade de ampliação dos casos considerados como urgência por determinação da chefia da DPU,  no Recife. A prorrogação da restrição de atendimento ao público foi estabelecida pelo defensor público-geral federal, Gabriel Faria Oliveira, em todas as 70 unidades da DPU do Brasil.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *