COMEÇA AMANHÃ SEGUNDA FASE DA VACINAÇÃO CONTRA A INFLUENZA H1N1

Prefeitura do Recife  divulgou nota informando que por conta do  feriado de Tiradentes, a Secretaria de Saúde interrompeu a vacinação contra a gripe nesta terça-feira (21).O serviço será retomado nesta quarta-feira (22), com  a segunda fase da campanha.   De acordo com a PCR, cerca de 150 unidades de saúde do Recife, estarão atendendo a demanda, amanhã das 8h às 17h.

 A segunda etapa da campanha tem como público-alvo pessoas com doenças crônicas não-transmissíveis e outras condições clínicas especiais (diabéticos, obesos, transplantados, entre outros), detentos e funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens em cumprimento de medida socioeducativa.  

Profissionais das forças de segurança e salvamento (policiais, militares, bombeiros, guardas municipais etc.). Portuários, caminhoneiros, motoristas e cobradores de transporte coletivo também serão alvos da imunização nesta segunda fase.  Os idosos e profissionais da saúde que não se vacinaram na primeira etapa continuam podendo  receber a dose.

  Programa de Imunização (PNI), da Secretaria de Saúde do Recife, já vacinou cerca de 250 mil pessoas, tendo “praticamente concluído”  a meta de imunizar  os mais de 183 mil idosos da cidade – 99,6% do público-alvo.  A perspectiva do  Ministério da Saúde era de 90%. A prefeitura afirmou ainda que foram vacinados mais de 42 mil profissionais de saúde (66,8% do total, abaixo da meta de 90%). O MS não estipulou meta de vacinação para a segunda fase. 

  Para agilizar a vacinação, o PNI Recife recomenda que os usuários levem um documento de identificação, além da carteira de vacinação e o cartão SUS. Os dois últimos, só se tiverem. Segundo a administração municipal, parte do público-alvo precisa apresentar também documentos que provem a necessidade da imunização. Os profissionais das redes, pública e privada de saúde, por exemplo, devem levar comprovantes laborais, como crachás ou carteira de trabalho.

As pessoas com doenças crônicas não-transmissíveis e outras condições clínicas especiais devem apresentar prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina. Os portuários, caminhoneiros, motoristas e cobradores de transporte coletivo devem apresentar documento comprobatório, como carteira de trabalho, contracheque com documento de identidade, carteira de sócio dos sindicatos de transportes ou carteira de habilitação (categorias C ou E).

O Ministério da Saúde dividiu a Campanha Nacional de Vacinação contra Gripe deste ano em três etapas. Do dia 9 a 22 de maio, deve ocorrer a terceira fase da campanha, com foco em imunizar pessoas com deficiência, professores, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, grávidas, puérperas (mulheres que tiveram filho há até 45 dias) e adultos de 55 a 59 anos. A Prefeitura do Recife disponibilizou em seu site (www.recife.pe.gov.br) a lista das unidades de saúde com sala de vacinação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *