COVID-19: GOVERNO VAI CONTRATAR 42 MÉDICOS PARA O COMPLEXO HOSPITALAR DA UPE

Governo de Pernambuco anunciou nesta terça-feira (28), a contratação temporária de 42 profissionais para o Complexo Hospitalar da Universidade de Pernambuco. Eles devem atuar pelo prazo de até seis meses, em decorrência da situação excepcional causada pela pandemia da Covid-19. 

  Iniciativa está publicada no Diário Oficial desta terça.  A contratação será feita através de edital de credenciamento, que  ainda vai ser publicado. Os critérios devem ser estabelecidos em uma portaria conjunta entre a Secretaria de Administração e a UPE. De acordo com a publicação do DO, serão admitidos temporariamente 24 médicos nas especialidades: intensivistas e plantonistas; dez médicos intensivistas diaristas e oito médicos intensivistas pediátricos plantonistas. O decreto não informa a remuneração dos profissionais.

 Os contratos podem ser prorrogados “pelo prazo necessário à superação da situação de calamidade pública ou das situações de emergência em saúde pública, desde que o prazo total não exceda a dois anos”, diz o texto.

  Passada a necessidade que justificou o contrato, os mesmos serão cancelados imediatamente, independentemente de indenizações. No dia 25 de março, o Governo de Pernambuco abriu inscrições para seleção de 670 profissionais de saúde, no mesmo complexo hospitalar. A ação também integrou as medidas para conter o avanço do novo coronavírus no estado. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *