COVID-19 : PRÉ-CANDIDATO DIZ QUE PCR E GOVERNO DO ESTADO MENTEM SOBRE OCUPAÇÃO DE LEITOS

Postulante a uma vaga na Câmara Municipal do Recife, Emmanuel Clécio (PRTB), usou a sua rede social, para  denunciar o Governo do Estado e Prefeitura do Recife, pela forma como  vêm conduzindo as informações  sobre o novo coronavírus.  Ele diz que  “Governo e PCR continuam fazendo terrorismo, quando passam informações sobre superlotações  nos  hospitais de pacientes internados com a Covid-19”.

    Pré-candidato escreveu que nos hospitais estaduais e nos da rede municipal – a exemplo do Hospital da Mulher do Recife e nas unidades privadas contratadas pelo Estado, para atender durante a pandemia, “muitos leitos estão vazios, principalmente os que são exclusivos para  pacientes da Covid-19”. “Enquanto, isso fazem marketing com mentiras, divulgando que 99% dos leitos estão lotados”.  

  Emmanuel criticou também a forma desumana como vem sendo conduzido o acompanhamento de pessoas doentes que procuram as unidades de saúde e não são atendidas, sob alegação de falta de leitos. “Como isso é possível acontecer se há vagas”? Ainda através de rede social, ele desabafou: “meu Deus, onde vai parar tantas mentiras? Que horror! É Muita Hipocrisia! A Secretaria de Saúde também mente, quando endossa o percentual nos seus boletins.

 “Na verdade o que encontramos, foi outra realidade”. “Além de leitos vazios constatamos in loco, que a falta mesmo é de profissionais”. Na unidade que visitamos, o HMR, a pedido de várias pessoas, o que presenciamos  foi técnicos de enfermagem revoltados, submetidos a condições insalubres e a todos os riscos decorrentes  do novo coronavírus”,  destacou Emmanuel na sua postagem.  

 “O Governo está fazendo terrorismo com a saúde dos pernambucanos, aumentando o pânico a cada dia”. 

 Emmanuel Clécio escreveu ainda: por não serem transparente  estão prejudicando muita gente.  E, prosseguiu com as críticas: o “Governador e o Prefeito falam que se preocupam com a vida das pessoas, mais não oferece a mínima condição de atendimento aos pacientes. É desumano submeter um profissional de saúde a todos os riscos, pagando um valor abaixo do salário padrão e sem o adicional de insalubridade”. O povo está cansado dessas mentiras! É preciso mostrar a realidade dos fatos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *