COVID-19: PREFEITURA DESATIVA O MAIOR HOSPITAL DE CAMPANHA DO RECIFE APÓS ALTA DO ÚLTIMO PACIENTE

O Hospital Provisório Recife 2, localizado no Bairro dos Coelhos, encerrou  atendimento, após mais de quatro meses de funcionamento,  no trabalho de salvar vidas durante a pandemia de Covid-19, na capital pernambucana.  Com a alta do último paciente, a desmobilização do hospital, já anunciada pelo prefeito Geraldo Julio, entra na reta final,  esta semana. 

  Considerado o maior hospital de campanha municipal, com mais de 8.000 m² de área construída em antigos galpões no Largo dos Coelhos, o HPR 2 chegou a ter 350 leitos ativos – 250 de enfermaria e 100 de UTI. Desde o dia 22 de abril, mais de 1.600 pacientes com suspeita ou diagnóstico confirmado de Covid-19 se trataram na unidade de saúde, administrada pela Fundação Martiniano Fernandes, ligada ao Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira – Imip.  

   A desativação da unidade  foi possível após mais de cem dias de queda nos indicadores da pandemia, inclusive a diminuição do número de pacientes internados na rede pública. Após o início da retirada de equipamentos médico-hospitalares, nos últimos dias, agora começarão a ser desmontadas as estruturas das paredes, teto e pisos.  Último paciente curado no HPR 2, o policial militar da reserva Ivan Luiz Monteiro, 58 anos, deixou a unidade sob aplausos da equipe, depois de 12 dias de internação, com momentos difíceis na UTI. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *