PRESIDENTE PREFERE NÃO POLEMIZAR E ASSINA DECRETO REVOGANDO NOMEAÇÃO DE RAMAGEM

Presidente Jair Bolsonaro assina decreto publicado na tarde desta quarta-feira (29) revogando a nomeação de Alexandre Ramagem para o cargo de diretor-geral da Polícia Federal. Decreto também torna sem efeito a exoneração do cargo de diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência – Abin. Com a decisão, Ramagem continua no comando da Agência.

  O texto foi publicado após o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal – STF ter suspendido a nomeação e a posse de Ramagem para a chefia da PF. A posse estava prevista para as 15h desta quarta, juntamente com a do novo ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, bem como  do novo advogado-geral da União, José Levi.

  Moraes acatou pedido feito, por mandado de segurança, pelo PDT. Uma das alegações que constam do mandado de segurança é a declaração do ex-ministro da Justiça Sérgio Moro de que poderia haver interferência política na PF.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *