DEPUTADA GLEIDE ÂNGELO É ALVO DE INTRIGA OPOSICIONISTA

Apontada por alguns políticos de oposição de estar se utilizando de uma  possível “troca de favores” , com a Prefeitura de Camaragibe, cidade da Região Metropolitana, deputada estadual  Gleide Ângelo (PSB) –  reconhecidamente uma das parlamentares mais atuante, cujo mandato é muito bem aceito e comemorado pelos pernambucanos, principalmente no Recife – se defende das acusações. 

  Parlamentar tem como Assessora Especial em seu gabinete, Ana Maria Campelo Rossini, esposa do secretário de Segurança Pública de Camaragibe, Marcílio Rossini. Oposição cresceu os olhos  no cargo que o esposo de Gleide  José Edson Correa de Araújo  assumiu  como, secretário-adjunto  da Secretaria de Segurança Pública de Camaragibe, comandada por Marcílio Rossini.  Comentários é que ambos recebem remunerações entre R$ 6 e R$ 8 mil respectivamente.    Em cima do “disse me disse” Gleide Ângelo  informou  “que o seu marido é  natural de Camaragibe e que  não arrumou  o emprego para ele. Com relação a  sua assessora, Ana Maria – explicou que a mesma  é escrivã da Polícia Civil  e trabalhou  com ela, quando então delegada, a vida toda”, pontuou. Para oposicionistas  as coisas giram  como  “troca de favores, cujo objetivo é formar parceria  para a reeleição da atual prefeita Nadegi Queiroz (Republicanos)”.   

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *