DOENÇAS PROVOCADAS PELO AEDES AEGYPTI PODEM SER CONFUNDIDAS COM A COVID-19


     Os sintomas das arboviroses como dengue, zika e chikungunya, podem ser confundidos com os da Covid-19, doença causada pelo  novo coronavírus, alerta foi feito pela  Secretaria de Saúde do Recife.  Órgão diz ainda, que fez três dos quatro levantamentos do Índice de Infestação Rápido para Aedes Aegypti este ano, porque o Ministério da Saúde recomendou a suspensão dos levantamentos devido à pandemia. Outros dois ainda estão previstos para 2020. 

  Segundo a Prefeitura, nos primeiros seis meses de 2020, houve uma redução de 83% no número de casos confirmados, em relação ao mesmo período de 2019. São 278 casos de dengue e 65 de chikungunya. No Recife, a área de maior incidência é no bairro do Ibura, periferia da Zona Sul, com 55 casos de dengue e dois de chikungunya.

  PCR também informou que outra área com alta incidência de arboviroses é o Bairro de Ponto de Parada, na Zona Norte. São nove casos confirmados até o dia 8 de julho, data do último levantamento da Secretaria de Saúde do município.  Na Rua Pedro Velho, todas as famílias de um conjunto residencial de quatro apartamentos tiveram dengue nos meses de maio e junho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *