Fim das torcidas organizadas no Recife


O juiz Augusto Sampaio Angelim, da 5ª Vara da Fazenda Pública, decretou nesta terça-feira (18) a extinção compulsória da Torcida Jovem do Sport, da Inferno Coral e da Fanáutico.Também determinou que cada uma pague à Justiça 10% dos honorários advocatícios do valor da causa. A sentença foi resultado de duas ações movidas pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) contra as torcidas organizadas, antes mesmo dos episódios mais recentes de violência, quando uma uniformizada do Sport invadiu festa de 106 anos do Santa Cruz, levando pânico a Boa Vista.

Com a decisão, a Receita Federal do Brasil está oficiada para cancelar os CNPJs das três torcidas organizadas, assim como o Banco do Brasil tomar todas as medidas cabíveis.

Fonte – JC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *