GLEIDE ÂNGELO DEBATE COM O PREFEITO DE ARCOVERDE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA MULHERES

O prefeito de Arcoverde, Welington da LW (MDB), se reuniu com a deputada estadual Delegada Gleide Ângelo, para discutir sobre a execução de políticas efetivas para o enfrentamento da violência doméstica e de apoio às mulheres no município sertanejo. Na ocasião, ele confirmou à Parlamentar, a ampliação da Coordenadoria da Mulher, para Secretara da Mulher Arcoverdense.

Deputada destacou a importância do comprometimento da gestão, na realização de ações no combate à violência e ao enfrentamento do feminicídio, através de campanhas que discutam as diversas formas que o preconceito e a violência contra a mulher se apresentam no dia a dia. Lembrou que essas seriam algumas das práticas que podem colaborar na prevenção e no empoderamento feminino.

“Vamos destinar emendas parlamentares para auxiliar na concretização das ações de cuidado e de amparo às mulheres de Arcoverde. O desafio no interior do Estado é imenso, não apenas pela cultura machista, há muito enraizada, mas também pela necessidade urgente de articulações entre os municípios para a criação desta rede, em nome das mulheres. Friso a relevância desta Secretaria em favor a todas as mulheres da cidade”, explicou a Parlamentar.

Grupo Cultural Baque Mulher Arcoverde

A Delegada também conheceu o trabalho do Grupo Cultural Baque Mulher Arcoverde, que usa a sabedoria popular do coco-de-roda e do maracatu – fortes tradições locais – cujas representatividade são reconhecidas nacionalmente, em favor do enfrentamento da violência doméstica das mulheres sertanejas.

“É maravilhoso o trabalho feito por essas mulheres fortes, guerreiras. A gente sabe das dificuldades para elas se apropriarem de um cenário tradicionalmente masculino. Esse grupo se transformou num espaço de empoderamento das mulheres, porque elas discutem as dificuldades no dia a dia umas das outras e, juntas, trabalham assuntos como machismo, agressão, violência e vulnerabilidade. Elas vivem na prática o significado da sororidade. Isso é política de mulheres, para mulheres”, ressaltou a deputada Gleide Ângelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *