GOVENADOR MANTÉM COMÉRCIO FECHADO E FAZ CRÍTICAS AO PRESIDENTE

Governador Paulo Câmara  disse  na tarde desta sexta-feira (15), que o comércio  de Pernambuco vai continuar fechado até o dia 31 de maio.   A exceção é para  os considerados  essenciais previstos no decreto  estadual Nº 49.024.2020, que  estabelece  também quarentena mais rígidas,  em  quatro cidades da Região Metropolitana e na capital, a partir de amanhã. .   

 Vale lembrar, que entre as medidas adotadas na “quarentena rígida” ou lockdown,  está o rodízio de veículos em dias alternados, de acordo com o último numeral da placa  (par ou ímpar), publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (15).  Hoje  também,  o Governador usou sua rede social, para  fazer o que mais gosta, além de propagar os números  da Covid- 19, no Estado. 

   E, com relação a saída do ministro da saúde, escreveu:  “Em menos de 30 dias, numa fase crítica da pandemia, o Brasil perde o segundo ministro da Saúde. Gestores locais têm adotado um caminho para combater a crise, ouvindo a ciência;  o país parece não ter encontrado um. E milhares de vidas seguem expostas”. Paulo Câmara continuou os ataques e afirmou que o presidente  “só investe em divisões internas e externas, e que  na guerra contra a Covid-19,  ele não sabe liderar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *