GOVERNADOR DE SÃO PAULO ANUNCIA FLEXIBILIZAÇÃO GRADUAL DA QUARENTENA

Governador de São Paulo,  João Dória anunciou  nesta quarta-fera (27), durante coletiva de  imprensa,  no Palácio dos Bandeirantes – sede  do  governo  paulista, um plano  para  a retomada da economia no estado,  que será  feita de forma regionalizada, ou seja, vai depender da situação de cada região do estado.  A “retomada consciente”, como foi chamada pelo Governador, será feita de forma gradual, dividida em cinco fases.

 A quarentena paulista,  que seria  encerrada no próximo dia 31, foi prorrogada  por mais  15 dias. Algumas regiões do estado, a partir do dia 1º de junho,  já poderão liberar algumas atividades consideradas não essenciais.   Na grande São Paulo, com exceção da capital, a Baixada Santista e a Região de Registro, que ainda  estão na fase 1, vermelha  de alerta, vão manter a quarentena sem liberação das atividades.

“Estamos anunciando a retomada consciente a partir do dia primeiro de junho. A partir desse período, por 15 dias, manteremos a quarentena, porém, com uma retomada consciente de algumas atividades econômicas no estado de São Paulo”, disse Doria.  O estado todo foi dividido em cinco fases. Mas até este momento, nenhuma região atingiu as fases 4 e 5. De acordo com os critérios estabelecidos pelo governo paulista no Plano SP, cada município pode ser enquadrado entre: zona de risco (ocupação de leitos de UTI acima de 80%), zona de controle, de flexibilização, de abertura parcial ou normal controlado. Cada prefeito poderá decidir como serão feitas as aberturas graduais das atividades econômicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *