GOVERNADOR FECHA OS OLHOS PARA MOTORISTAS DE APLICATIVOS: CATEGORIA ACIONA A JUSTIÇA

Associação dos Motoristas e Motofretistas Por Aplicativos de Pernambuco – Amape – entrou com ação judicial na 4a Vara da Fazenda Pública da Capital, contra o Governo de Pernambuco. No documento, os profissionais pedem o adiamento da parcela do mês de abril, do IPVA dos motoristas e motofretistas que trabalham por aplicativos de entrega.

 Na defesa da suspensão do tributo, o advogado da instituição Fernando Ferreira disse que “a questão é de alta complexidade, grande impacto e repercussão, em função da pandemia causada pela Covid-19”.  O presidente da Amape, Thiago Silva afirmou  que 
os motoristas não têm de onde tirar recursos neste momento de crise. A “demanda caiu 90% e o Governo de Pernambuco nada fez pela nossa categoria”.  

  Segundo o dirigente classista, desde o início da pandemia foi solicitada a prorrogação do IPVA, através do órgão regulamentador da atividade, mas o Governo do Estado e Prefeitura do Recife,  nada fizeram. “Enviamos ofício para a CTTU e responderam de forma genérica, sem apontar caminhos para nos ajudar. Pedimos a diminuição das taxas cobradas pelas empresas, durante esta crise e eles sequer responderam”, afirmou Thiago Silva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *