GOVERNO ANUNCIA VOLTA DO TURISMO EM NORONHA: MEDIDAS IMPOSTAS DESAGRADAM O SETOR

Governo de Pernambuco anunciou, nesta quinta-feira (27), a retomada da atividade turística em Fernando de Noronha, a partir de setembro, com várias restrições. Uma delas é que, apenas pessoas que já tiveram a Covid-19 poderão visitar a Ilha.

A decisão irritou o setor hoteleiro. O empresário José Maria Sultanum criticou a medida. “Esse protocolo não contempla 10% das nossas sugestões. Nós chegamos a nos reunir com o promotor de Justiça Flávio Falcão para formalizar um protocolo, mas não levaram em conta”, avaliou.

“É totalmente ridículo! É uma coisa feita por quem não entende do assunto e que está fazendo pouco caso das pessoas que estão lá e dos empresários principalmente”, declarou o dono da Pousada Zé Maria.

Para o empresário, a restrição a quem já teve Covid-19 sufoca a economia da Ilha. “Como as companhias de aviação vão formar malha aérea e, assim, ter a quantidade suficiente de pessoas para ter voo e poder ir para lá? Como elas farão? Há uma falta de bom senso e previsibilidade”, criticou.

Mais cedo, um vídeo circulou com força nas redes sociais, mostrando um delegado “enquadrando” moradores e funcionários de Noronha com relação as medidas restritivas em vigor. “O que acontece então, Rodrigo, caso eu descumpra com as regras sanitárias? Delegacia, processo criminal e uma ‘multazinha’ maravilhosa que começa em R$ 2 mil”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *