COVID-19: GOVERNO DO ESTADO É ALVO DE AÇÃO PARA EXPLICAR GASTOS

  O Estado de Pernambuco que tem o primeiro lugar no ranking da transparência entre estados, durante a pandemia vive uma contradição e agora está sendo alvo de uma ação do Ministério Público Federal, por falta de consonância  nos gastos da saúde, envolvendo as chamadas “Organizações Sociais da Saúde ”. Os ofícios alertam para o cumprimento aos termos das recomendações do MPF/MPCO.

  Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado- TCE, Carlos Porto emitiu o alerta de responsabilização nesta quarta-feira (29), apontando  falta de transparência nas contas da Secretaria de Saúde de Pernambuco. Documento foi endereçado ao secretário André Longo e à Controladoria Geral do Estado, pedindo esclarecimentos nas ações e gastos do governo  nas ações de combate ao novo coronavírus, no estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *