GOVERNO INCLUI MAIS PESSOAS NO RECEBIMENTO DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

Com informações do Governo Federal

O Ministério da Cidadania divulgou o calendário de pagamento do Auxílio Emergencial (no valor de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família) para mais 122 mil pessoas que entraram com pedido de contestação, após terem sido consideradas inelegíveis a receber o benefício.

Elas foram incluídas nos ciclos de transferências restantes (5 e 6), do calendário do auxílio emergencial extensão (de R$ 300 ou R$ 600 para mães chefes de família) e começam a receber nesta segunda-feira (30).

O público incluído nos ciclos de pagamentos restantes, engloba quem entrou com a contestação, entre 26 de agosto e 16 de outubro, pela plataforma digital e, entre 27 de julho e 19 de outubro, pelo site da Dataprev.

Também estão sendo beneficiadas, pessoas que tiveram a concessão do benefício reavaliada em novembro, em função de atualizações nos dados governamentais e checagem em bases oficiais, sendo consideradas elegíveis.

Essas pessoas receberão a primeira parcela do Auxílio Emergencial no Ciclo 5 e a segunda, terceira, quarta e quinta parcelas no Ciclo 6.Como o penúltimo ciclo está em andamento, os 60,7 mil novos beneficiários nascidos de janeiro a junho terão o dinheiro depositado nas contas digitais já em 30 de novembro.

Esta é a data já definida anteriormente no Ciclo 5 para o pagamento dos aniversariantes do sexto mês do ano. Nos dias subsequentes do desembolso, as transferências seguem o calendário dos demais beneficiados do Auxílio Emergencial.

Até o momento, o Governo Federal investiu R$ 262,8 bilhões no pagamento do Auxílio Emergencial, que beneficia diretamente 67,8 milhões de cidadãos e alcança mais da metade da população brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *