GOVERNO LIBERA FUNCIONAMENTO DE LOJAS DE VEÍCULOS E ABERTURA PARCIAL DE ESCRITÓRIOS NO RECIFE

Governo de Pernambuco anunciou a retomada dos serviços de escritório, com 50% dos trabalhadores, nas seguintes Regionais: Recife, Limoeiro, no Agreste e  Goiana  Zona da Mata Norte, a partir da segunda-feira (06). Nestes locais, a partir da mesma data, o Estado também autorizou o funcionamento de lojas de carros, com 100% da capacidade. As medidas correspondem à etapa 05 do Plano de Convivência durante a pandemia provocada pelo novo coronavírus.   

    De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Bruno Schwambach, as Regionais de Saúde de Palmares (Mata Sul), Caruaru e Garanhuns (Agreste) permanecem na etapa 02,  do Plano. Nestas regiões, a exceção é para as cidades de Caruaru e Bezerros, que seguem em isolamento mais rígido, até o domingo dia 05.

  No Sertão, as Regionais de Saúde de Arcoverde, Salgueiro, Petrolina, Ouricuri, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada permanecem na etapa 04, sem avançar para a etapa 5.

“Dependendo dos números, podemos fazer anúncios de avanço. Nossa expectativa é de que os dados se comportem de forma melhorada”, disse Schwambach.

 Segundo o secretário de Planejamento e Gestão de Pernambuco, Alexandre Rebêlo, o Estado apresenta, por seis semanas seguidas, redução de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave. O número de casos graves da Covid-19 também caiu, segundo levantamento do governo. “Estamos há seis semanas seguidas com redução dos casos, de óbitos, da demanda do sistema de saúde, o que mostra que a gente tem conseguido acertar em tudo aquilo que a gente planejou. Esse número é puxado principalmente pela Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata, onde há maior concentração populacional”, disse Rebêlo.

 “Na estabilização e na queda é onde a gente consegue ir avançando no nosso plano de flexibilização. No Grande Recife, a queda tem sido consistente, por isso podemos avançar mais nessas regiões”, complementou o secretário de Desenvolvimento Econômico. Governo também  anunciou nesta terça-feira (30), a prorrogação do decreto que suspende as atividades presenciais nas escolas das redes pública e privadas do Estado por causa da pandemia. Com a medida, os alunos ficam proibidos  de frequentar  as instituições  de ensino  até  31 de julho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *