JOÃO CAMPOS DERROTA O PT E SE CONSAGRA O PREFEITO MAIS JOVEM DA HISTÓRIA DO RECIFE

Com um total de 428.922 votos (56,21%), João Campos (PSB), com 96,09% das urnas apuradas, venceu o segundo turno das eleições no Recife e sagrou-se o prefeito mais jovem da história da capital pernambucana, aos 27 anos .

O prefeito eleito venceu sua adversária Marília Arraes (PT) em todas as zonas eleitorais da cidade. A maior vitória do socialista foi construída na 9ª Zona Eleitoral da Capital pernambucana, com 60,06% contra 39,94% da petista. A área compreende os bairros de Cajueiro, Arruda, Água Fria, Mangabeira, Fundão, Hemetério, Alto Santa Terezinha e Campina do Barreto. 

A segunda maior votação de João Campos foi conquistada na 149ª zona eleitoral, com 59,66% contra 40,34% de Marília Arraes. O local compreende o Bairro de Boa Viagem. A vitória mais apertada da Frente Popular foi na 5ª zona eleitoral, com 53,28% de Campos e 46,72% da petista. A área inclui os bairros de Casa Amarela, Dois Irmãos e Casa Forte.

LEGADO POLÍTICO

Uma das maiores apostas do PSB para o futuro, o deputado federal João Henrique de Andrade Lima Campos carrega no seu DNA a identidade do Partido Socialista Brasileiro e representa a continuidade da trajetória de líderes políticos históricos.

Bisneto e filho de dois ex-governadores pernambucanos e presidentes nacionais do partido, respectivamente, Miguel Arraes e Eduardo Campos, ele é visto como a continuidade de uma história tragicamente interrompida no dia 13 de agosto de 2014, quando um avião Cessna Citation prefixo PR-AFA caiu ceifando precocemente a vida do então candidato à Presidência da República Eduardo Campos, pai de João.

O jovem Engenheiro Civil, formado pela Universidade Federal de Pernambuco -UFPE, terá uma grande desafio pela frente. Gerir a Capital do Estado, ainda sob os profundos efeitos da pandemia da Covid-19, recuperar a economia, reestabelecer os serviços da cidade, enfrentar a oposição do Governo Bolsonaro e, principalmente, ser a maior vitrine nacional do PSB, defendendo o legado político, que Eduardo Campos deixou de herança.

VOTAÇÃO POR ZONA ELEITORAL

1ª Zona: 

João Campos: 56,93%(38.870 votos) 
Marília Arraes: 43,07% (29.409 votos)

2ª Zona: 
João Campos: 55,74% (39.970 votos) 
Marília Arraes: 44,26% (31.732 votos)

3ª Zona: 
João Campos: 58,41% (42.607 votos) 
Marília Arraes: 41,59% (30.334 votos)

4ª Zona: 
João Campos: 55,29% (39.873 votos) 
Marília Arraes: 44,71% (32.243 votos)

5ª Zona:
João Campos: 53,28% (40.053 votos) 
Marília Arraes: 46,72% (35.117 votos)

6ª Zona:
João Campos: 57,14% (42.287 votos) 
Marília Arraes: 42,86% (31.720 votos)

7ª Zona:
João Campos: 52,80% (38.128 votos) 
Marília Arraes: 47,20% (34.079 votos)

8ª Zona
João Campos: 55,78% (39.737 votos)
Marília Arraes: 44,22% (31.500 votos)

9ª Zona:
João Campos: 60,06% (45.108 votos) 
Marília Arraes: 39,94% (30.003 votos)

149ª Zona: 
João Campos: 59,66% (40.728 votos) 
Marília Arraes: 40,34% (27.543 votos)

150ª Zona: 
João Campos: 54,07% (40.552 votos) 
Marília Arraes: 45,93% (34.446 votos )

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *