LOCKDOWN DO GOVERNADOR PÕE EM XEQUE OS NÚMEROS DA COVID-19

Surpreendentemente, neste sábado (16), primeiro dia de funcionamento do lockdown,  imposto pelo  “presidente de Pernambuco” , Paulo  Câmara, a Secretaria Estadual de Saúde –SES, confirmou  um número super recorde de 2.279 novos casos de  coronavírus no Estado.  Além do registro de 80 óbitos nas últimas 24 horas. Com este “pulo gigantesco” , nos registros de Covid-19,  o  Estado  contabiliza  18.488  casos confirmados e 1.461 óbitos decorrente da doença.  

 Para tentar explicar o estrondoso aumento nas últimas 24 horas a Secretaria de Saúde, que em momento algum, deixou de emitir ao longo da semana os boletins com os números diários de pacientes com Covid-19,  justificou  que  o “salto”   “ foi causado pelo acúmulo de casos leves durante a semana,  que não pode ser contabilizado, uma vez que o sistema de notificação do Ministério da Saúde apresentou instabilidade técnica nos últimos três dias  – o que dificultou a extração e visualização dos dados, que são inseridos pelos municípios na plataforma E-SUS”.  

   Ainda de acordo com a SES, “neste sábado houve um maior número de resultados registrados pelos laboratórios privados, que não refletem, necessariamente, casos das últimas 24 horas”.  Se esses dados  não refletem  os número de casos das últimas 24h, por que foram  inseridos?.  É a pergunta que muita gente está fazendo.  Entre os  confirmados e divulgados neste sábado, 1.575 se enquadram como leves e 704, foram de  Síndrome Respiratória Aguda Grave – SRAG.  No total, segundo a SES, são  9.258 graves e 9.230 leves.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *