MÃE DO PEQUENO MIGUEL TEM CARGO DE GERENTE DE DIVISÃO NA PREFEITURA DE TAMANDARÉ

Por trás da morte do menino Otávio Miguel, morto ao cair do nono andar, tem outro fato que chama a atenção.  A mãe do menor, Mirtes Renata Santana de Souza, que  trabalhava na residência do prefeito Sérgio Hacker Corte Real, como doméstica,  na  realidade é  funcionária em regime estatutário, com vínculo  comissionado da Prefeitura do Município de Tamandaré. 

  No Portal da Transparência é possível ver que a trabalhadora do lar, está no quadro do município sob matrícula 50312 – com o cargo de Gerente de Divisão,  CC- 6,  lotada no setor de Manutenção  das Atividades   de Administração.  Na ficha de Mirtes consta a desobrigação de prestar serviço, na prefeitura.  O fato prova o caráter de  trabalho  na residência  do gestor, no Recife, enquanto o pagamento é feito com verba pública municipal .  

  No documento da administração consta que Mirtes Santana  ingressou no quadro  da Prefeitura de Tamandaré, em 17/02/2017, exatamente o tempo que a funcionária  informou  em  momento de desabafo aos órgãos de comunicação,  quando em desespero chorava a  morte do filho.  O prefeito Sérgio Hacker também precisa  explicar este fato.  

Em nota enviada pela assessoria, o Prefeito diz lamentar a morte da criança e que “em momento oportuno  e de forma oficial  prestará informações as autoridade”.  Na nota de poucas linhas está escrito: “Prefeitura de Tamandaré, por meio de sua assessoria de imprensa, comunica que o Prefeito de Tamandaré/PE, Sérgio Hacker Corte Real se encontra profundamente abalado pelo fato já noticiado pela imprensa (lamentável perda do pequeno Miguel)  e que no momento próprio e de forma oficial, prestará informações aos órgãos competentes”. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *