MENDONÇA ENTREGA A MINISTRO PROJETOS DE INTERVENÇÕES VIÁRIAS NO RECIFE

Ex-ministro e pré-candidato a prefeito, Mendonça Filho (DEM), reuniu-se em Brasília com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, e ao diretor-geral do DNIT, general Santos Filho e  demais diretores, para tratar sobre mobilidade no Recife.

  Mendonça defendeu grandes intervenções viárias para melhorar o trânsito: a triplicação da entrada do Recife, com a construção de uma terceira faixa no acesso do Curado até a Avenida Abdias de Carvalho, e obras na BR-101, como a construção de viadutos, para resolver o trânsito caótico de bairros populosos como Jordão e Ibura (URs). “Para melhorar a mobilidade e as condições de tráfego no Recife é preciso planejamento, projeto, liderança e decisão política”, afirmou.

   O pré-candidato  lembrou  que, o ministro Tarcísio Freitas já morou em Pernambuco, conhece “nossa cidade” e recebeu com entusiasmo as propostas, abrindo a possibilidade de incluí-las no planejamento do Ministério de Infraestrutura. “Temos quase dois anos de governo do presidente Bolsonaro e é inadmissível que as gestões do PSB, por mesquinharia política, não tenham apresentado projetos e buscado recursos para a mobilidade e para o transporte público no Recife e na Região Metropolitana”, criticou.

  Na reunião com o Ministro Mendonça defendeu, ainda, que o DNIT faça projetos de obras de passagem de nível e viadutos na BR 101, para melhorar as condições de vida da população que se desloca com muita dificuldade por avenidas como a Dois Rios, que dá acesso ao Jordão, Ibura (URs). “Essa é uma região populosa e que demanda, há muito tempo, atenção e ações concretas de intervenção viária. A cada dia que passa a situação piora. O prefeito Geraldo Júlio não pode fazer de conta que esse problema não é com ele”, retrucou. 

   Outro assunto tratado na reunião com o Ministro da infraestrutura e a equipe do DNIT, foi o projeto de um mini-arco metropolitano, em substituição ao arco metropolitano, prometido pelo Governo Paulo Câmara (PSB) e que não saiu do papel. A proposta visa integrar várias rodovias federais que passam ou se iniciam no Recife, como a BR 101, a BR 408 e a BR 232. “Esse é um projeto metropolitano muito importante para a mobilidade e o deslocamento das pessoas no Recife. Para acontecer precisa de liderança, articulação e decisão política para trabalhar pela nossa cidade”,  explicou.

  Mendonça   disse ainda, que é gritante o descaso das gestões do PSB/PT com o trânsito e a mobilidade no Recife.“Expõe a falta de cuidado com a cidade, com as pessoas e, fundamentalmente, de liderança do prefeito Geraldo Júlio.  Criticou  também a ausência de ação do Governo do Estado para apresentar projetos e buscar recursos federais para mudar a qualidade de vida dos recifenses”. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *