MINISTÉRIO PÚBLICO ABRE INVESTIGAÇÃO CONTRA O GOVERNO E A URBANA PE

  Ministério Público de Pernambuco – MPPE abre investigação pela falta de EPIs para trabalhadores que atuam no Transporte do Grande Recife. Decisão veio após requerimento apresentado pela Frente de Luta pelo Transporte Público solicitando ao Governo do Estado que obrigue e fiscalize a distribuição de EPIs pelas empresas de ônibus,  aos rodoviários.

O Promotor do Transporte do MPPE, Dr. Humberto Graça, instaurou o procedimento preparatório 02010.000.002/2020 para apurar quais as medidas adotadas pelo Grande Recife e pelas empresas de ônibus para proteção de motoristas, cobradores, fiscais, terceirizados e para impedir o contágio dos usuários do transporte público pelo novo coronavírus.  

  No requerimento da Frente de Luta, assinado pelo advogado Pedro Joseph e pelo estudante Marco Morais foi requisitado também a testagem  dos rodoviários, empregados do Grande Recife e terceirizados que estejam atuando no atendimento direto da população.  Além disso, os conselheiros querem a distribuição de máscaras em todos os terminais integrados.

 “O Governo determinou a restrição de aglomerações e circulação de pessoas, mas tem sido omisso com as empresas de ônibus, que não disponibilizam máscaras para os funcionários”.  Já tivemos 10 casos da Covid-19, entre trabalhadores rodoviários, disse o advogado.  O Governo do Estado e a Urbana-PE têm 10 dias para prestar esclarecimentos e apresentar as ações desenvolvidas para evitar  a transmissão do novo coronavírus.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *