OMS VOLTA ATRÁS E PERMITE TESTE COM HIDROXICLOROQUINA

Organização Mundial de  Saúde – OMS volta a permitir que a hidroxicloroquina seja testada em seus programas pelo mundo. Os testes tinham sido suspensos na semana passada para que os dados de segurança fossem avaliados.  Decisão havia sido tomada com base em publicação da Revista Científica The Lancet. 

  Agora,  embasados nos dados de mortalidade, a Organização  indicou que não haveria motivo para interromper os testes. “Isso não significa, porém, que a OMS esteja recomendando o uso do remédio”. Para isso, as “evidências ainda terão que ser apresentadas”. Segundo a OMS, não existem provas ou evidências de que um tratamento reduza a mortalidade do vírus. 

 Diretor-geral da OMS, Tedros Ghebreyesus, afirmou que está “especialmente preocupado” com a transmissão que se acelera na América do Sul e Central. Segundo ele, com mais de cem mil casos diários nos últimos cinco dias, as Américas têm os maiores números de coronavírus. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *