PAULO CÂMARA E GOVERNADORES DO NORDESTE SE REÚNEM POR LIBERAÇÃO DE VACINA RUSSA

Após a Agência de Vigilância Sanitária – Anvisa barrar a importação da Vacina Sputnik V para o Brasil, governadores do Nordeste, que já haviam negociado 66 milhões do imunizante, se reuniram, nesta terça-feira (27), com representantes do governo russo. A reunião que discutiu os problemas apontados pela equipe técnica da Agência, como a falta de comprovações sobre a segurança da vacina e dos processos de fabricação.

Encontro teve como objetivo, buscar alternativas para a obtenção das vacinas – já adquiridas e as quais ainda podem ser compradas pelos representantes. Governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB) participou da reunião. O socialista destacou que, embora tenha sido barrado, o imunizante russo está salvando vidas em outras nações. Disse ainda que, continuará atuando para que a vacina seja disponibilizada ao Estado.

Além disso, o gestor criticou a reprovação da vacina pela Anvisa. “Infelizmente, para a Anvisa não há evidências suficientes para que as 37 milhões de doses adquiridas pelos estados brasileiros sejam autorizadas a entrar no País”. “Respeito a avaliação da agência, mas vou continuar trabalhando para que a vacina seja disponibilizada aos pernambucanos o mais rápido possível”, concluiu. 

De acordo com técnicos da Anvisa, foi detectado a existência de erros no desenvolvimento do imunizante, como: limitações na qualidade e falhas nas etapas de produção, o que compromete a garantia de eficácia da vacina. Coordenador do Fórum de Governadores do Nordeste e governador do Piauí, Wellington Dias (PT-PI), informou que no encontro com representantes do Instituto Gamaleya (responsável pelo desenvolvimento da vacina) e  Ministério da Saúde russo, as autoridades daquele país reiteraram sua garantia de segurança do fármaco.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *