PCR AMPLIA VACINAÇÃO PARA TRABALHADORES DA SAÚDE A PARTIR DE 60 ANOS

A Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, vai ampliar, a partir da próxima quarta-feira (10), a vacinação para os trabalhadores da saúde com 60 anos ou mais. Além disso, já a partir desta terça-feira (09), a gestão municipal abre o agendamento para que os trabalhadores da saúde da linha de frente da pandemia marquem o dia, horário e local para receber a segunda dose da vacina contra a Covid-19.

Na capital pernambucana, quase 18 mil doses da CoronaVac (Butantan/Sinovac) foram aplicadas nesse público-alvo desde o dia 19 de janeiro. O prefeito do Recife, João Campos, fez os dois anúncios na sede da Prefeitura, em seu gabinete, na tarde desta segunda-feira (08)

“A partir desta terça-feira é possível fazer a marcação da segunda dose da vacina da CoronaVac. Então você que já foi vacinado com ela, pode fazer a marcação através do site ou do aplicativo do Conecta Recife. E a partir de quarta-feira, estará disponível para agendamento a vacinação de quem tem 60 anos ou mais e é trabalhador da saúde”.

“Se você tem o número ou registro de algum conselho, você anexa este documento na marcação, e para quem não tem inscrição em algum conselho, pega a autorização da instituição de saúde na qual você trabalha. Então, a partir de quarta, trabalhadores da saúde, 60 anos ou mais, já podem ser vacinados”, esclareceu João Campos.

Diferente da primeira etapa, em que as equipes volantes da Secretaria de Saúde iam até as unidades de saúde, agora os profissionais terão de agendar e se dirigir a um dos nove centros de vacinação ou a um dos cinco pontos de drive-thru para receber a dose complementar. A recomendação do Comitê Técnico Estadual para acompanhamento da vacinação contra a Covid-19 é fazer a aplicação da segunda dose da Butantan/Sinovac entre o 21º e 28º dia depois da primeira.

Os trabalhadores devem realizar o agendamento através do Conecta Recife – www.conectarecife.recife.pe.gov.br ou app disponível nas lojas PlayStore, para Android; e AppStore, para dispositivos iOS. Além da marcação, eles terão de apresentar, no dia da vacinação, o comprovante de que tomou a primeira dose.

Já os idosos que vivem nas Instituições de Longa Permanência, as pessoas a partir de 18 anos com deficiência severa que moram em residências inclusivas e os trabalhadores desses locais, não precisarão realizar agendamento. Como aconteceu na aplicação da primeira dose, essas pessoas vão receber a visita de equipes volantes da Secretaria de Saúde que vão administrar a segunda dose do imunizante.

O Recife recebeu, até o momento, 128.080 doses de vacina, enviadas pelo Ministério da Saúde. Das 111.560 recebidas da CoronaVac (Butantan/Sinovac), 34.020 chegaram neste final de semana. A capital pernambucana também recebeu outras 16.520 doses do imunizante Oxford/AstraZeneca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *