PCR REFORÇA PROTOCOLOS DE ENFRENTAMENTO À PANDEMIA NA ORLA DO RECIFE

Foto: Andréa Rêgo Barros/Arquivo PCR

Prefeitura do Recife montou esquema especial, neste início de ano, para a conscientização e orientação em toda a orla da cidade, em relação ao cumprimento das medidas e protocolos contra o novo coronavírus.  Neste sábado (9), a ação começa a partir das 10h nas orlas de Boa Viagem, Pina e Brasília Teimosa, na Zona Sul,.

Iniciativa vai contar com a presença de arte-educadores, orientadores, além da distribuição de 4 mil máscaras e material informativo, sobre os cuidados via QR Code, para evitar o contato físico da panfletagem. O trabalho de conscientização será realizado por profissionais da Vigilância Sanitária -Visa, Secretaria de Saúde, Turismo e Lazer; Política Urbana e Licenciamento, Governo além do Gabinete de Comunicação, Guarda Municipal e Polícia Militar de Pernambuco.

Equipes vão atuar em quatro trechos distintos definidos pela Diretoria de Controle Urbano – Dircon e circular tanto pelo calçadão como na faixa de areia – orientando os banhistas e os cerca de dois mil trabalhadores da praia cadastrados na Dircon.  Durante todo o ano de 2020, foram realizadas quase 7 mil inspeções nos quiosques, barracas padronizadas e comércio ambulante das praias.

Durante a ação, os inspetores sanitários vão observar, por exemplo, os cuidados com os alimentos que estão sendo vendidos, o uso de máscara pelos comerciantes; se cada barraca está com a quantidade exata de cadeiras permitida e o distanciamento adequado; entre outras medidas. Haverá também distribuição de máscaras,


CAMPANHA

Nos próximos sábados e domingos, entre 10h e 14h, serão realizadas ações em toda a orla do Recife, através de uma campanha de cunho educativo. elaborada pelo Gabinete de Comunicação da Prefeitura. Iniciativa visa promover a sensibilização de banhistas e turistas através de promotores de mídia externa e arte-educadores. Trabalho vai envolver também donos de quiosques,, barraqueiros e ambulantes volantes, que receberão adesivos em tamanhos variados com QR Codes.

A ideia é que clientes que acessem o QR Code possam ter em mãos as principais mensagens do esforço para o combate à Covid-19: a troca de máscara a cada vez que o equipamento de segurança estiver úmido, a distância de 1,5 metro entre os banhistas e a lavagem das mãos ou utilização de álcool em gel sempre que necessário.


Nas barracas, três equipes com quatro arte-educadores cada, promete causar sensação com performances-surpresa. A ação lúdica e leve ainda irá abordar os cuidados na praia para sensibilizar os demais clientes. Também será reforçada no calçadão, onde um total de 20 promotores de mídia externa irão transitar ao longo da orla com sinalizações acerca de cuidados para o esforço no combate à Covid- 19.


REGRAS PARA CIRCULAR NA PRAIA.


– A ocupação das barracas deverá respeitar o distanciamento. O permissionário precisará dimensionar, para cada grupo, um espaço com área mínima de 4m x 4m. Entre grupos diferentes, serão necessários 1,5 m de distância;
– A quantidade de guarda-sóis e cadeiras ficará limitada ao que couber na área destinada a cada permissionário, respeitando a área de 4m x 4m. Será permitido um guarda-sol, quatro cadeiras e uma mesa de apoio por cada grupo, que não poderá ter mais de 10 pessoas;
– O guarda-sol não poderá ser removido de um grupo de clientes para outros sem a devida higienização;
, – Todos os funcionários, prestadores de serviço, barraqueiros, ambulantes e clientes deverão usar máscaras (exceto quando estiverem comendo ou ingerindo líquidos);
– Os cardápios deverão ser distribuídos plastificados ou em material que permita a correta higienização a cada atendimento;- Palitos de dente, sal, pimenta, ketchup e outros itens deverão ser distribuídos, preferencialmente, em sachês;
– Cadeiras, mesas, bandejas e guarda-sóis deverão ser desinfetados, após o uso de cada cliente, com produtos à base de cloro, álcool 70% ou similares autorizados pelo protocolo;
– Funcionários, barraqueiros, ambulantes e clientes deverão ter acesso a álcool 70% líquido ou gel para higienizar as mãos;
– Reforçar a higiene dos locais onde os alimentos são preparados e dar preferência a talheres, copos e pratos descartáveis, em embalagens individuais;
– Informar constantemente aos clientes sobre as medidas de higiene adotadas, assim como utilizar as redes sociais e mídias internas para reforçar a importância da prevenção contra o novo coronavírus;
– Estar atento ao estado de saúde dos funcionários e afastá-los por 10 dias quando apresentarem sintomas de covid-19. Orientá-los a acessar o site ou aplicativo Atende em Casa (www.atendeemcasa.pe.gov.br) para receber instruções e marcar o exame. Mediante resultado negativo, a volta pode ser imediata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *