PREFEITO DO PAULISTA FLEXIBILIZA QUARENTENA E AUTORIZA COM RESTRIÇÃO ABERTURA DE IGREJAS

Templos religiosos de Paulista, na Região Metropolitana, poderão abrir com 30% da capacidade a partir deste domingo (14). Decreto neste sentido  foi assinado nesta quinta-feira (11), pelo prefeito Júnior Matuto (PSB), após reunião realizada com  representantes religiosos do município.  

  Medida, no entanto, estabelece regras rígidas para esse processo de reabertura gradual, da cidade.  Caso o número de contágio aumente, o decreto será imediatamente revogado. Se não ocorrer, o número de frequentadores irá aumentar paulatinamente.

 “Construímos um protocolo sanitário para reabrir as igrejas e demais templos religiosos. Estamos alertando a todos para observarem e cumprirem os preceitos contidos no decreto que é bastante rígido nos cuidados a serem adotados. Por isso, vamos fiscalizar e monitorar por dez dias. Se tudo correr bem, os templos poderão receber mais pessoas em breve”, destacou  o Prefeito.  

  O decreto determina que os templos precisam adotar medidas para evitar a disseminação da Covid-19, como:  oferta de álcool 70% para os frequentadores;  uso obrigatório de máscaras; criação de barreiras físicas para o distanciamento social entre os fiéis; proibição da formação de grupos onde possa ocorrer contato físico; manutenção das janelas e portas abertas para ventilação natural; além da higienização do templo antes das cerimônias religiosas.

 Prefeitura  estabelece ainda, que, os dirigentes dos templos religiosos inibam o ingresso de pessoas sintomáticas, assintomáticas do grupo de risco, pessoas que estejam convivendo com infectados ou suspeitos de estarem com o novo Coronavírus. Ficará proibido o ingresso de pessoas que apresentarem sintomas gripal ou com dificuldade respiratórias. Lembrando que as autoridades sanitárias do município devem ser comunicadas nesse tipo de situação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *