PREFEITURA DO RECIFE REQUALIFICA ESCADARIAS EM BAIRROS DA ZONA NORTE

Quem transita diariamente pelas escadarias que ligam o Córrego do Tiro, na Linha do Tiro, ao Bairro Alto Santa Terezinha, na Zona Norte do Recife, agora pode fazer o seu percurso com mais segurança e conforto. É que, a Prefeitura do Recife, por meio da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana – Emlurb realizou a requalificação das escadarias, inclusive com a implantação de corrimãos, situadas nas ruas: Airi, Ampere, Paraíba e Rua l. O custo da obra foi de quase R$ 214 mil. O prefeito Geraldo Julio conferiu de perto, o resultado do trabalho e falou a respeito.  

“Milhares de pessoas no Recife moram em áreas de morro e a escadaria é sempre muito importante. Tem a canaleta que faz a drenagem evitando o deslizamento na área de morro e a própria escadaria para acesso aos moradores a cada uma das suas casas. O corrimão, a iluminação, sempre tudo é muito importante”, ressaltou o gestor municipal. “Aqui a gente está fazendo a ligação do Córrego do Tiro com o Alto Santa Terezinha com várias escadarias, a Rua I, a Rua Airi, a Rua Ampere, a Rua Paraíba todas essas tiveram a escadaria completamente requalificada. Essa é uma das 1.500 obras que a gente está fazendo na cidade”.

 Além da recuperação dos degraus e das Canaletas, também foram implantados 83 metros de corrimão na Rua Airi e 66,5 metros na Rua I. As obras foram concluídas nos dias 15 e 20 do mês passado, respectivamente. Na primeira rua o investimento foi de R$ 59,6 mil, e na segunda, R$ 59,5 mil. Já na Rua Ampere, o serviço, que custou R$ 63,8 mil, foi concluído no último dia 31 de julho. Na via, foram realizadas a recuperação da escadaria e a implantação de 77,5 metros de corrimão.

   No caso da Rua Paraíba, as obras terminaram no dia 21 deste mês e o investimento no local foi de R$ 31,5 mil. A escadaria também foi toda recuperada e os transeuntes agora contam com um corrimão de 55,5 metros no local. Desde 2013, a Prefeitura do Recife já recuperou mais de 900 escadarias da cidade. Fonte: Prefeitura do Recife.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *