PRESIDENTE DO PTB PARTICIPA DE EVENTO NO RECIFE E DEFENDE APOIO A ALBERTO FEITOSA

O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, almoçou em um hotel na Zona Sul do Recife nesta sexta-feira (21). O ex-deputado federal está em Pernambuco para participar de um evento de treino de tiro organizado pelo Coronel Meira (PSC), pré-candidato a vereador do Recife. Também estiveram presentes no almoço o deputado estadual e pré-candidato a prefeito do Recife, Alberto Feitosa (PSC), o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), além de colecionadores de armas e representantes da militância pró-Bolsonaro.

    À noite, o petebista marcou presença em um jantar, com correligionários e participantes do curso de tiro, ministrado por dois ex-membros dos Navy Seals, das Forças Armadas dos Estados Unidos.  Jefferson  declarou que respeita a posição do PTB em Pernambuco, comandado pelo ex-deputado José Humberto Cavalcanti e pelo ex-senador Armando Monteiro, mas quer que o partido trabalhe em prol da candidatura de Alberto Feitosa a prefeito do Recife. 

 “Não posso passar por cima do comando local do partido, mas se eu puder influir, é para fazer uma unidade em torno do nome do Feitosa. Ele esteve comigo em Brasília, conversamos longamente. Ele representa esse nosso sentimento cristão. Representa os nossos credos e convicções democráticas de liberdade e de família”, disse Jefferson.

CONVICÇÃO RELIGIOSA

   “Se eu puder influir no PTB de Pernambuco, pois tenho que respeitar a liderança de Armando Monteiro e Zé Humberto. Mas se eu puder influir, poderemos fazer um só grupo bolsonarista. Nós fomos capazes de reunir 100% dos bolsonaristas e 100% dos cristãos. Essa eleição não é meramente político-eleitoral. Ela passa pela nossa fé, nossa formação religiosa. O ataque que Cristo tem sofrido, tanto dos globalistas, quanto dos marxistas, é muito grande, criticou Roberto Jefferson. 

  “Eles precisam quebrar a maior nação católica e cristã do mundo, que é o Brasil, para poder avançar na América Latina. Quem resiste nesse ataque tanto do comunismo quanto do globalismo é o Brasil. As bases evangélicas são sólidas, as bases religiosas são sólidas. Essas pautas globalistas e comunistas chinesas como identidade de gênero, erotização da criança, virilizarão da mulher, apassivamento do homem. – tudo isso tem o objetivo de destruir a família cristã, porque a família cristã é um fortim. É uma trincheira armada contra a doutrina comunista, contra a doutrina maoísta” pontuou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *