PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DIZ QUE NÃO HÁ EMBASAMENTO PARA LOCKDOWN NO ESTADO

Procurador-Geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros divulgou nota de esclarecimento nesta quinta-feira (07) sobre lockdown.  No documento ele afirma que o Gabinete de Acompanhamento de Crise não aconselha o modelo de fechamento total do Estado. 

 No momento, não há, no Gabinete de Acompanhamento do Ministério Público de Pernambuco, nenhum dado científico ou debate amadurecido, que fundamente a necessidade de se exigir a decretação de um bloqueio total no Estado de Pernambuco, diz um trecho da nota.

 A declaração assinada por Dirceu veio horas depois do pedido protocolado pelo promotor Solon Ivo da Silva Filho, da 19ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital do Ministério Público de Pernambuco – MPPE, e, no mesmo dia em que o Tribunal de Justiça de Pernambuco – TJPE, anunciou o indeferimento da ação. A ação civil pública assinada pelo promotor Solon Ivo da Silva Filho, datada de quarta-feira (06), foi feita em nome do Ministério Público de Pernambuco. Na ocasião, estava sendo pedido que a Justiça determinasse lockdown por 15 dias no Estado. O texto também previa que caso a medida fosse descumprida, seria aplicado uma multa diária de R$ 100 mil por cada recomendação não acatada    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *