PT RECIFE QUER ALIANÇA COM PSB E PCdoB PARA TIRAR MARÍLIA DE CENA

Presidente municipal do PT, Cirilo Mota anunciou nesta sexta-feira (13), que o partido vai apresentar proposta de aliança com o PSB e PCdoB, no Recife, cujo texto será apresentado, próximo dia 29, no Encontro de Tática Eleitoral do Partido dos Trabalhadores.
Vale destacar, que com o apoio aos socialistas, a pré-candidatura da deputada federal, à PCR pode ir para o espaço.

Mota voltou a defender a permanência do PT na Frente Popular um dia após PSB e PDT selarem um acordo em São Paulo, onde os pedetistas vão apoiar a candidatura do ex-governador Márcio França à prefeitura da capital. Durante o evento para formalizar a aliança entre os dois partidos, os discursos eram de afastamento dos petistas e de expansão para outras cidades.

No texto, o presidente municipal do PT cita o PDT e o PCdoB na aliança no Recife.
Enquanto o PSB trabalha com o nome do deputado federal João Campos, filho do ex-governador Eduardo Campos, o PDT está dividido como o PT. Uma ala do partido quer lançar a candidatura do deputado federal Túlio Gadêlha, contra os socialistas, e outra, representada pelo presidente estadual da sigla, Wolney Queiroz, defende a manutenção da aliança local.

No caso petista, de um lado está o grupo de Marília Arraes e do outro o do senador Humberto Costa, que defende que o partido continue na Frente Popular.

“No Estado de Pernambuco e no Recife, consideramos positiva a política de aliança com os partidos de esquerda e progressistas, que implicaram, sem dúvida, nos resultados eleitorais que derrotaram Bolsonaro regionalmente“, afirma Cirilo Mota no texto.

Pela assessoria de imprensa, Marília Arraes afirmou que não iria comentar o assunto.

Fonte – Blog Jamildo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *