REEDUCANDOS REALIZAM PLANTIO DE MUDAS NAS RUAS DO RECIFE.

   Ação de plantio de mudas nas ruas  do Recife e em Caruaru,  Agreste do Estado, agora conta o reforço de reeducandos do regime aberto e de livramento condicional. Eles são acompanhados  pelo Patronato Penitenciário, – órgão da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Estado.  O cultivo das plantas  é feito em  sementeiras e, através do serviço de Disk Mudas, estão deixando as duas cidades  mais verdes, com espécies: palmeiras imperiais e leque, manila, ipê roxo, ipê rosa, pau de jangada e pau-brasil.

 Em San Martin, Zona Oeste do Recife, as praças Luís Gonzaga, Dom Hélder Câmara e João Pessoa de Queiroz, além de cinco ruas contam com 40 árvores das espécies  ipê, pata de vaca, mimosa e paudarquinho – todas plantadas pelas mãos dos reeducandos. “O nosso espaço agora tem vida com a chegada das árvores de várias espécies, plantadas pelos reeducandos. É muito importante essa chance que é dada pra eles, porque traz um olhar diferente sobre essas pessoas, ensina uma profissão e abre as portas para que voltem a sociedade”, ressalta Adriana Souto, vice-presidente da Associação de Moradores do Jardim do Forte, em San Martin.   

Nove reeducandos trabalham na sementeira do Sítio da Trindade, no Recife e três são responsáveis pela distribuição das mudas nos bairros. Adílio da Silva, 37, é um dos que encontrou na terra a semente da ressocialização. “Limpo o terreno, faço adubo pra plantar, planto as mudas e quando estão grandes sigo pra colocá-las na rua junto com a equipe. Trabalhar com planta é vida e ocupa a nossa mente”, revela. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *