SAÍDA DE MORO: PAULO CÂMARA REPERCURTE O FATO E PEDE SERENIDADE NO MOMENTO DE PANDEMIA

Governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), repercutiu em sua rede social, a decisão do ministro Sérgio Moro de pedir demissão do Governo Federal, nesta sexta-feira (24). Paulo Câmara avaliou as revelações de ingerências políticas trazidas por Moro em seu pronunciamento, apontou para a instabilidade do Governo e pediu “serenidade” neste período de pandemia.

“A saída do Ministro Moro evidencia a instabilidade do governo federal, mas preocupa também por outra revelação contundente: a ameaça de ingerência política nas ações policiais. O país precisa de instituições fortes, de soluções que só podem vir da construção democrática, conduzida por valores republicanos. Enfrentar uma pandemia já é desafio suficiente, demanda ação conjunta e integrada. A começar pelo governo nacional”, disse.

“É inaceitável a insistência em criar problemas, diante de uma crise crescente, que ameaça a vida das pessoas. Serenidade e responsabilidade são princípios imprescindíveis. As ações em favor do povo brasileiro merecem respeito e priorização”, concluiu o governador em seu perfil do Twitter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *