SHOPPINGS VOLTAM A FUNCIONAR PARA ACESSO DE CLIENTES PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA

No início da manhã desta quarta-feira (17), o governador  Paulo Câmara anunciou a abertura gradual de templos religiosos na próxima segunda-feira.   Agora, há pouco, o assunto, “retomada da economia  entrou na pauta de  decisões do Governo de Pernambuco, que confirmou  o funcionamento  de  shoppings,  para o acesso de clientes,  a partir  do dia 22,  em algumas cidades.  

  Na mesma data, voltarão a funcionar  todas as lojas de varejo, independente de tamanho.  O Estado informou, ainda, que a construção civil poderá operar com carga máxima. Atualmente,  o setor está atuando com apenas 50% dos funcionários.   Os shoppings, no entanto, terão que seguir protocolo específico de reabertura para evitar disseminação do novo coronavírus.  Haverá normas a serem obedecidas, de modo a proteger a saúde de funcionários e clientes. 

“A reabertura dos shoppings foi antecipada em uma etapa. podendo entrar em funcionamento a partir da próxima segunda-feira (22). Há protocolos específicos, como controle de fluxo, com 30% da capacidade e horário de funcionamento das 12 às 20h. Lembro que a avaliação do comitê é semanal e o plano é dinâmico”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Bruno Schwambach. 

  Secretário também destacou  que, a liberação não vale para todo o Estado. Os 85  municípios  das regiões da  Mata Norte e Sul e do Agreste, onde os índices de Covid-19 ,continuam aumentando, vão  ficar de fora,  da flexibilização, por enquanto.  Os principais municípios que não acompanham  essa etapa de abertura são: Caruaru, Garanhuns, Palmares e Goiana. A lista  completa dessas cidades  pode ser conferida na edição do  último dia 15 do blog.  

   De acordo com Schwambach, haverá outra antecipação. “Os bares e restaurantes devem voltar a funcionar antes do previsto, com 50% de sua capacidade e novos protocolos, que estão sendo estabelecidos em diálogo com o setor”. Secretário não  quis informar a possível data de reabertura dos estabelecimentos de alimentação. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *