SINEPE REALIZA MANIFESTAÇÃO POR RETORNO DE AULAS PRESENCIAIS

Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado de Pernambuco -Sinepe realizou protesto, nesta quinta-feira (29), em frente ao Palácio do Campo das Princesas – sede do governo estadual, para cobrar o retorno das aulas presenciais dos estudantes de educação infantil e ensino fundamental.

A manifestação começou às 9h, com presença de carro de som. O grupo de professores, pais, mães e membros do Sinepe se reuniu nos entornos da Praça da República, área central do Recife. Uma comissão de cinco pessoas foi recebida pelos secretários-executivos de Articulação e Acompanhamento da Casa Civil, Eduardo Figueiredo e o de Gestão da Rede de Educação e Esportes, João Charamba, por volta das 10h. O encontro ocorreu para que representantes dos colégios e responsáveis por estudantes pressionassem o governo a definir uma data para o retorno das aulas presenciais.

“Estamos exercendo nossa cidadania de expor nossa posição de quem acredita que educação é prioridade. Estamos há sete meses com nossos filhos em casa. Pais e mães precisam da escola como rede de apoio. Começaram a abrir atividades que permitem retirá-los de casa, como parques e áreas de lazer. É preciso respeitar o direito de escolha”, comentou o defensor público Manoel Correia.

“Há um silêncio por parte do Governo do Estado com relação à retomada das aulas. Não há argumentos, nem comunicação. É apenas a informação da extensão do decreto. Tudo está em funcionamento. Mas a escola é o único lugar que não se pode ir. Estamos recebendo os alunos de forma escalonada, com distanciamento e máscara. A escola é um lugar pedagógico para se aprender, inclusive, sobre a convivência com a pandemia”, comentou o presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino de Pernambuco Sinepe-PE, José Ricardo Diniz.

As aulas presenciais para educação infantil e ensino fundamental estão suspensas em Pernambuco até, pelo menos, o próximo dia 31. Até o momento, somente alunos do ensino médio retornaram às atividades nas instituições de ensino do estado. Mesmo assim, as aulas presenciais não são obrigatórias, podendo ser feita a opção pela continuidade do ensino remoto.

Desde a última semana, pelo menos três instituições de ensino privadas do Recife registraram casos de contaminação de estudantes pelo novo coronavírus. Os Colégios Damas, no bairro das Graças, o Colégio Boa Viagem, na Jaqueira e o Colégio Grande Passo, em Boa Viagem tiveram alunos que testaram positivo para Covid-19.

Foto: Mariana Fabrício/Esp. DP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *