UNS CONTRA MUITOS: BANCADA DE OPOSIÇÃO SE MANIFESTA CONTRA IRREGULARIDADES NA PREFEITURA DO CABO.

Após operação de busca e apreensão realizada pela Polícia Federal na Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho, vereadores da bancada oposicionista da Câmara Municipal da cidade se manifestam a respeito.
Documento enviado a redação do blog, expressa a revolta dos parlamentares, ao que chamam de ” desmandos praticados pelo prefeito Lula Cabral, historicanente envolvido em atos ilícitos praticados na gestão”.

Na nota, os parlamentares afirmam que, desde o primeiro momento a bancada oposicionista que muito tem se empenhado no zelo do dinheiro público, vem denunciando as manobras do Prefeito. Publicação lembra ainda , que Lula Cabral ( PSB) foi condenado três vezes, afastado e preso pelo desvio de R$ 92 milhões da previdência da prefeitura ( CaboPrev), “além de ser apontado pelo Ministério Público de Pernambuco como chefe de um esquema criminoso criado para fraudar licitações”.

” Esse histórico sempre nos levantou preocupação. Nesse momento não foi diferente. Fizemos o nosso dever de apontar as irregularidades. Levamos o assunto ao Tribunal de Contas de Pernambuco, ao MP estadual e federal, para que as devidas fiscalizações fossem realizadas” .

Vereadores denunciam também que, bancada governista “comandada” pelo presidente do legislativo municipal, Neto da Farmácia(PDT) fora omissa ao não aprovar requerimento propondo a criação de uma Comissão Especial para fiscalizar o prefeito.

Texto diz ainda que, “novamente, a nossa cidade é envergonhada na mídia nacional devido à Operação da Polícia Federal em Contratos suspeitos de corrupção. Mesmo num momento de dor e sofrimento, de uma pandemia grave, que tira vidas de nossos irmãos e irmãs cabenses, brasileiros e de todo mundo, não tem compaixão do seu povo. Infelizmente, entendemos de forma mais clara os reais motivos pelos quais os vereadores da situação, comandados pelo presidente da Câmara, Neto da Farmácia, não quiseram aprovar a criação da Comissão Especial para fiscalizar o prefeito Lula Cabral”.

” A Bancada de Oposição cumpriu seu papel e continuará a cumprir, fiscalizando, mostrando os erros e trabalhando para mudar essa realidade, na esperança de que a justiça seja feita e essa farra com o dinheiro público – como apontam os relatórios dos órgãos fiscalizadores – seja desmontada e o Cabo de Santo Agostinho libertado desses, que têm utilizado, constantemente, a máquina administrativa para favorecimento próprio” conclui a nota.

Manifesto dos parlamentares de oposicao da Câmara do Cabo de Santo Agostinho foi assinado pelos seguintes vereadores: Ezequiel do PT, Ricardinho ( MDB), Domingos (PSC ), Professor Arimatéia( SD), Tereza da Bomboniere ( PSC) e Flávio do Fórum (PL).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *