EX-PREFEITO DE IPOJUCA É CONDENADO POR IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

O ex-prefeito de Ipojuca, no Grande Recife, Pedro Serafim de Souza foi condenado pela Justiça por atos de improbidade administrativa, segundo o Ministério Público de Pernambuco – MPPE. Ainda de acordo com a instituição, a decisão suspende os direitos políticos dele, por seis anos e há necessidade de ressarcimento de R$ 400 mil à cidade, mas ainda cabe recurso.

Serafim foi prefeito do município entre 2009 e 2012. O MPPE apontou que os atos do políticos “causaram prejuízo ao erário e atentaram contra os princípios da administração pública”. A sentença foi proferida pela juíza Nahiane Ramalho de Mattos, a partir de um pedido do MPPE.

Segundo a ação de improbidade administrativa ingressada pela promotora de Justiça Bianca Stella Azevedo Barroso, o Tribunal de Contas do Estado – TCE-PE, identificou irregularidades na folha de pagamento durante uma auditoria feita nos exercícios de 2009 e 2010.

Na ocasião, apontou o MPPE, foram constatadas irregularidades como: pagamento a pessoas que haviam falecido, servidores domiciliados em outros estados, com CPF inválido ou de outra pessoa, na folha de pagamento.

A Justiça informou, ainda, que o Município de Ipojuca foi intimado, mas não apresentou manifestação. A Prefeitura de Ipojuca informou, por meio da Assessoria de Comunicação, que não iria comentar a decisão. Fonte: Blog do Magno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *