PAULO CÂMARA ANUNCIA MEDIDAS PARA GARANTIR DISPONIBILIDADE HÍDRICA NO ESTADO

O governador Paulo Câmara (PSB) assinou, nesta segunda-feira (22), Dia Mundial da Água, autorização para investimentos que vão promover segurança hídrica e sustentabilidade ambiental das bacias hidrográficas de Pernambuco. Em cerimônia com transmissão online, foram lançadas três iniciativas em favor da preservação e potencialização da gestão desse patrimônio natural no Estado: o Projeto Produtor de Água do Bitury, um edital para financiamento de recuperação florestal de nascentes e o acordo de cooperação técnico-financeira para desenvolvimento de tecnologias na área de recursos hídricos.

“Neste Dia Mundial da Água, o Governo de Pernambuco reafirma seu comprometimento com a preservação desse recurso tão imprescindível. Estão sendo investidos três milhões de reais em editais, além de ações de conservação, de sustentabilidade e de preservação. Todas essas louváveis medidas fazem parte de um arcabouço fundamental e importante, acima de tudo para a vida humana, e cada vez mais relevante para a economia da população preocupada com o presente e, principalmente, com o futuro do planeta”, destacou o Governador .

O secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Jose Bertotti, ressaltou que a água é um insumo básico que precisa chegar na casa da população. “A água vive de um ciclo. Ela vem da chuva, é armazenada e, na realidade, essa parte da sustentabilidade é exatamente a parte em que cuidamos da disponibilidade para todos”.

Com recursos do Fundo Estadual de Meio Ambiente (Fema) será aberto um edital para financiar projetos da sociedade civil que visem à recomposição florestal em áreas de nascentes. Essa restauração deve ocorrer a partir de sistemas agroflorestais e focar em locais degradados ou em processo de degradação nos biomas de Mata Atlântica e Caatinga. O investimento na iniciativa será de R$ 1,8 milhão.

As organizações não-governamentais e as fundações privadas sem fins lucrativos com objetivos ambientais devem enviar seus projetos, até o dia 23 de junho, à Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas/PE), por meio digital, para os e-mails semaspernambuco@semas.pe.gov.br e consema.pe@semas.pe.gov.br. O edital e os formulários e documentos de orientação para participar da chamada pública (manual do Fema) estão disponíveis no site da Semas (www.semas.pe.gov.br). A expectativa é que as ações aprovadas tenham início até setembro deste ano. O prazo para conclusão das atividades é de sete meses.

Já o projeto Produtor de Água do Bitury, voltado para a implantação do Pagamento por Serviços Ambientais, contará com recursos do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro) da ordem de R$ 460 mil. A iniciativa beneficiará a área de contribuição do Reservatório Engenheiro Severino Guerra (Açude Bitury), no município de Belo Jardim, na Bacia do Rio Ipojuca.

O objetivo do Água do Bitury é revitalizar a região, combatendo a erosão e o assoreamento dos corpos hídricos com a maior infiltração de água no solo. Para isso, serão realizadas ações de conservação, recuperação e manejo do solo e da vegetação nativa. O projeto terá duração de três anos, sendo promovido de forma conjunta pela Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos (Seinfra), Semas, Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) e Compesa.

Também será firmado um convênio de Cooperação Técnica e Financeira para estudos, desenvolvimento de metodologias e criação de ferramentas de tecnologia da informação e comunicação (TIC) facilitadores das atividades de Gestão dos Recursos Hídricos. O acordo foca no financiamento de projetos selecionados via chamadas públicas. Os critérios de seleção levarão em conta a qualidade científica e a relevância da contribuição nas áreas de recursos hídricos, meteorologia, mudanças climáticas e segurança de barragens.

A parceria terá duração de 36 meses, com base em linhas de pesquisa bem definidas. A cerimônia desta segunda-feira contou ainda com a participação da secretária estadual de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista e do presidente da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco – Facepe , Fernando Jucá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *