PREFEITURA ERGUE ESCULTURA NO PÁTIO DE SANTA CRUZ EM HOMENAGEM A REGINALDO ROSSI

Fotos: Rodolfo Loepert/ PCR

A obra é do artista Demétrio Albuquerque e passa a compor o Circuito de Poesia do Recife .

Mais um grande artista recifense é homenageado pela Prefeitura do Recife. A gestão municipal, por meio da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb), instalou uma estátua para homenagear o eterno Rei. O cantor e compositor Reginaldo Rossi, declarado Patrono do Brega pela Assembleia Legislativa de Pernambuco em outubro de 2020. A obra do escultor Demétrio Albuquerque fica no Pátio de Santa Cruz, área central da cidade, e foi conferida de perto pelo prefeito do Recife, João Campos, na tarde desta terça-feira.

“Essa é a 18ª estátua do Circuito de Poesia, a gente hoje faz uma homenagem ao rei Reginaldo Rossi. Esse que foi um dos grandes baluartes do brega na cidade, todo recifense sabe e conhece quem foi e como é a sua história. A gente faz aqui no Pátio de Santa Cruz a inauguração dessa estátua e eu tenho certeza que, além de uma homenagem à cultura, é uma referência também a um ícone da nossa cultura”, declarou o prefeito João Campos.

Quem também contemplou a escultura foi Sandro Nóbrega, então empresário do artista durante 25 anos. “Eu acho fantástica essa homenagem porque eterniza, realmente, a história dele. Ele foi um cara que sempre cantou o Recife, em todo o canto que ele foi. Todo show ele terminava cantando ‘Recife, minha cidade”, ele gostava disso aqui, ele amava isso aqui”.

“Eu ficava às vezes revoltado com ele ( Rossi), porque a gente poderia dormir num hotel e ele dizia ‘vamos embora para casa’, porque gostava do Recife. Então eu acho fantástico, eternizá-lo . Até os fãs dele, de fora, às vezes ligavam para a gente para saber se tinha alguma coisa de Reginaldo. Hoje em dia, eu tenho a referência de que tem a estátua, então eu acho uma maravilha. Parabéns à Prefeitura e a todos os encarregados por isso, ficou realmente fantástico”, comemorou.

Esta é a 18ª obra a compor o Circuito da Poesia. Rossi, que faleceu em 2013, fará companhia a outros grandes nomes como Capiba, Clarice Lispector, Ascenso Ferreira, Carlos Pena Filho, Antonio Maria e Naná Vasconcelos, entre outros. A escultura, que mostra o cantor em uma mesa de bar, local eternizado em uma de suas músicas de maior sucesso, “Garçom”, teve um investimento de R$ 35 mil.

O ARTISTA

O cantor e compositor Reginaldo Rossi faleceu em 2013, aos 69 anos. Ficou conhecido por “Rei do Brega”, por causa de suas canções que falam de amor e traições. Mas também compôs músicas enaltecendo o Estado de Pernambuco e sua capital, Recife – sempre elencando as belezas naturais da região. Em 2020 foi declarado Patrono do Brega.

CIRCUITO DE POESIA

O Circuito de poesia é composto 17 monumentos: Manoel Bandeira (Rua da Aurora); João Cabral de Melo Neto (Rua da Aurora); Capiba (Rua do Sol); Carlos Pena Filho (Praça do Diário); Clarice Lispector (Praça Maciel Pinheiro); Antônio Maria (Rua do Bom Jesus); Ascenso Ferreira (Cais da Alfândega); Chico Science (Rua da Moeda); Solano Trindade (Pátio de São Pedro).

Luiz Gonzaga (Praça Mauá); Mário Mota (Pátio do Sebo), Joaquim Cardozo (Ponte Maurício de Nassau), Ariano Suassuna (Rua da Aurora); Alberto da Cunha Melo (Parque 13 de Maio), Celina de Holanda (Avenida Beira Rio), Liêdo Maranhão (Praça Dom Vital) e Naná Vasconcelos (Marco Zero). A estátua de Reginaldo Rossi é a 18ª a compor o conjunto de obras e está localizada no Pátio de Santa Cruz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *